Gerenciamento de riscos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3898 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE
CURSO TÉCNICO EM OPERAÇÃO LOGÍSTICA

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

CARMEM CARNEIRO TAVARES

SÃO JOÃO DA BARRA
2009

"Se conheceis o inimigo e a vós mesmos, não deveis temer o resultado de cem batalhas. Se vos conheceis, mas não ao inimigo, para cada vitória alcançadasofrereis uma derrota. Se não conheceis nem a um nem a outro, sereis sempre derrotados".

SUN TZU - A Arte da Guerra - 500 A.C.

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 4
2 DESENVOLVIMENTO 6
2.1 gerenciamento de Riscos 6
2.2 GERENCIAMENTO DE TRANSPORTES DE CARGAS NO BRASIL 7
2.3 Políticas de Segurança 11
2.3 VANTAGENS 12
2.4 ADMINISTRAÇÃO DE RISCOS NO TRANSPORTE DECARGAS 13
2.5 RELATÓRIOS GERENCIAIS 15
CONCLUSÃO 18
REFERÊNCIAS 19

1 INTRODUÇÃO

A PALAVRA RISCO, QUANDO UTILIZADA, AGRUPA TANTO OS EFEITOS DAS MUDANÇAS QUANTO DA INCAPACIDADE DE SE PODEREM PREVER AS RELATIVAS MUDANÇAS. QUANTO MAIS CONSEGUE SE ENTENDER A DINÂMICA DOS RISCOS, SUAS CONSEQÜÊNCIAS E IMPACTOS E TAMBÉM AS CAUSAS DE SUA CONCRETIZAÇÃO, MENOS SE ESTARÁ EXPOSTO AO MESMO.
Orisco é intrínseco a qualquer atividade, estando convivendo permanentemente com riscos de toda natureza e dimensão e efeitos que tanto podem ser negativos como positivos.
A natureza humana interpreta o risco mais por seu lado negativo. Determinar o risco, avaliá-lo devidamente e principalmente, bem administrá-lo, pode ensejar decisões cautelares ajeitadas e, conseqüentemente, traduzirefeitos positivos. Por outro lado o risco está associado às leis da probabilidade, podendo ocorrer sempre fatos novos, inesperados.
É primordial se estar consciente que muitos riscos são inerentes aos negócios, portanto a seleção de quais riscos a empresa deve tratar reside à competência do gestor de riscos.
A gerência de riscos tem se tornado um assunto de suma importância no meioempresarial, pois a conscientização da administração dos riscos potenciais é hoje uma questão de competitividade e sobrevivência.
A percepção de que as conseqüências irreversíveis podem afetar o meio ambiente, que os recursos não são ilimitados e que, do ponto de vista financeiro, o impacto pelas perdas das vidas e bens tangíveis e intangíveis da empresa, nunca mais se recuperam, tem exigidomaior preocupação e responsabilidade dos gestores.
A gerência de riscos, hoje peça fundamental para que a instituição possa navegar em mares mais tranqüilos, pode ser definida como sendo a função, dentro do contexto empresarial, que visa à proteção dos recursos humanos, materiais e financeiros da empresa, quer através da eliminação, redução ou financiamento dos riscos, conforme sejafinanceiramente mais viável.
A otimização de recursos é hoje a palavra de ordem, objetivando poder reduzir a chance do risco vir a concretizar, evitando desta forma a perda financeira de forma direta ou indireta.
Dada a dimensão que o setor de transporte de cargas tem para a economia brasileira, as perdas cada vez mais freqüentes fazem com que hoje esse problema tenha se tornado uma grandepreocupação para as empresas e para os órgãos responsáveis por sua prevenção e controle
O impacto econômico decorrente do roubo de cargas não se reflete apenas nos prejuízos diretos com os sinistros, mas também no grande aumento dos custos do transporte decorrente do encarecimento do seguro das cargas. Além disso, a identificação de uma carga roubada é dificultada pela não-existência de umcadastro nacional que registre todos os roubos de carga ocorridos no País.
Nos últimos anos, o roubo de cargas vem figurando entre os crimes que mais têm crescido no país. São Paulo, dentre os Estados brasileiros, é o que concentra o maior número de ocorrências dos crimes, com uma entre cada duas ocorrências sendo em território paulista. Dada a dimensão que vem adquirindo, esse tema vem...
tracking img