Gerencia e etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1899 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO



Administração financeira e orçamentária são a área da administração responsável pelo planejamento, organização, direção e controle dos recursos financeiros utilizados dentro de uma empresa, inclusive com a quantificação dos objetivos traçados e acompanhamento periódico. A extrema importância ao bom gerenciamento empresarial, pois, por meio do planejamento financeiro elaborado, aempresa terá uma base de dados na qual pode analisar seu caminho dia a dia , podendo, assim, tomar medidas corretivas antecipada.
Administração financeira, juntamente com a contabilidade, marketing, se encarrega de da gestão do posto de gasolina Velox contribuindo para o desenvolvimento, desempenho financeiro e geração de riqueza.
Sempre haverá necessidade de medir quanto foram os recursosaplicados e quais foram os resultados econômicos obtidos. Sabe-se que a economia tem influência significativa, pois através dela entendemos o funcionamento sistêmico e os impactos sobre decisões para chegar a uma gestão eficaz. Esse estudo mostra que economia não é uma ciência exata, porque estudam pessoas, empresas, governos alocam seus recursos, estuda processos de decisões dos agentes econômicos eseus impactos na sociedade. Neste estudo algumas questões foram abordadas como: o que e como funcionam o mercado, uma empresa, qual o papel da sociedade e as forças do capitalismo. E porque não as suas fraquezas.
Administrar por meios de estudos, fazer a melhor escolha, buscando níveis desejáveis, com responsabilidade e ética, este é o caminho.Desenvolvimento



Quando um consultor é chamado a socorrer umaempresa, ele encontra, dentre outros, problemas estruturais, organizacionais, de recursos humanos. O problema mais comum encontrado é na área financeira que nem sempre é gerenciada de forma correta, principalmente quando se trata de fluxo de caixa. As finanças não podem ser administradas de forma intuitiva nem empírica. Agindo assim o pequeno empresário perde dinheiro sem saber exatamente onde.Prestando serviços de consultoria em um posto de gasolina em uma cidade do interior de Minas Gerais. A preocupação do empresário era apenas uma. As vendas eram altas, mas o lucro não vinha. Havia apenas dívidas, muito trabalho e pouco retorno. Dentre os problemas encontrei os principais foram:
1- Margem de lucro com o combustível era muito pequena.
2- O capital de giro necessário para o postoera muito grande, pois o combustível era pago a vista.
3- Grande número de devoluções de cheques por não terem fundos ou foram roubados. Não havia nenhuma consulta ao SPC ou Serasa.
4- O mais grave problema encontrado é que o empresário não considerou o custo do cartão de crédito nas vendas, que giravam em torno de 4% sobre cada transação e as transações com cartão de créditorepresentavam 80% das vendas.

Está aqui um caso tipo de descaso com as finanças empresariais. O sucesso era medido de forma empírica e pouco profissional. Apenas pelo fluxo de clientes.
Nenhum empreendimento subsiste sem recursos financeiros. Portanto é preciso aprender a lidar com esta questão que não é tão difícil assim, basta adquirir um pouco de conhecimento que somado à experiência do dia-a-diaajuda bastante. Mesmo sendo uma pequena ou média empresa, os controles são necessários. Não basta abrir e fechar as portas todos os dias sem saber para onde está indo.
Abrindo um negócio novo será necessário um investimento inicial em moveis, equipamentos, veículos, computadores, estoque inicial, pessoal, local, etc. Será necessário projetar os custos fixos e os custos variáveis. Com estes...
tracking img