Gerencia de manufatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2174 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tipos de Automação:
q Inicialmente pelos níveis de produtividade
q Produtos iguais e duráveis
q Economia de escala
q Alterações complexas e caras
q Alterações do mercado
q Exige variedade de produtos
q Flexibilidade na produção
q Taxa de produção média

Principais Características:
q Rigidez da configuração do equipamento
q Operações Simples
q Elevado Número de Operações
qInvestimentos Iniciais Elevados em Equipamentos Específicos
q Elevada Taxa de Produção
q Impossibilidade de Prever Alterações no Produto
q Economia de Escala
q Ex: Linha Produção FORD T

Principais Características:
q Ajuste da Sequencia de Produção
q Sequencia de Operações Programável
q Elevado Investimento em Equipamentos Genéricos
q Taxas de Produção Inferiores a Automação Fixaq Flexibilidade para Alteração na Configuração do Produto
q Apropriada para Produção em Lote (Batch Processing)
q Ex: CNC (Computer Numeric Control)


Principais Características:
q Extensão da Automação Programável
q Elevado Investimento no Sistema Global
q Produção Contínua de misturas de produtos
q Taxa de Produção Média
q Flexibilidade para atender as variações no tipo dosprodutos
q Capacidade de ajuste da programação sem perda de tempo de produção
q Capacidade de ajuste dos elementos físicos de produção sem perda de tempo de produção


Considerações sobre Automação Flexível:
q Desenvolvimento computadores mais rápidos
q Comunicação sistêmica via rede Industrial
q Desenvolvimento de programas inteligentes
q Desenvolvimentos nos campo da robótica e visãoartificial
q Desenvolvimento de veículos guiados automaticamente (AGV’s)

Pirâmide de Automação

CONTROLADORES PROGRAMÁVEIS:
q 1969 – baseado em especificações da General Motors
q Facilidade de programação
q Facilidade de manutenção com conceito plug in
q Alta confiabilidade
q dimensões menores em comparação com os painéis de relés
q Processamento centralizado
q Preço competitivoCARACTERÍSTICAS:
q Linguagem de programação de alto nível
q Simplificação nos quadros e painéis elétricos
q Confiabilidade Operacional – pouco alteração na fiação elétrica
q Funções Avançadas (matemáticas, controle de qualidade e informações para relatórios)
q Comunicação em rede – intercâmbio de dados através da rede de automação.

ARQUITETURA:
q Fonte de Alimentação
q UnidadeCentral de Processamento ( UCP )
q Memórias dos tipos fixo e volátil
q Dispositivos de entrada e saída
q Terminal de programação

ARQUITETURA:

ARQUITETURA – FONTE DE ALIMENTAÇÃO:
q Converte corrente alternada em contínua para alimentar o controlador, bateria mantêm o programa do usuário.
q Source: Fonte de energia interna ao controlador
q Sink: Fonte de energia externa ao controladorARQUITETURA – UCP:
q Executa programa do usuário
q Atualiza a memória de dados
q Atualiza memória-imagem de entradas e saídas

ARQUITETURA – EPROM:
q Contêm programa monitor – faz o start up do controlador
q Armazena dados e gerencia a sequência de operações
q Memória não é acessível ao usuário do controlador

ARQUITETURA – MEMÓRIA DO USUÁRIO:
q Armazena programa aplicativo dousuário
q CPU processa esse programa e atualiza a memória de dados e de imagem E/S
q RUN: em operação, com varredura cíclica
q PROG: parado, quando se carrega o programa aplicativo no CLP

ARQUITETURA – MEMÓRIA DE DADOS:
q Contêm dados do processamento do programa usuário
q Tabela de valores manipuláveis

ARQUITETURA – MEMÓRIA-IMAGEM E/S:
q Reproduz o estado dos periféricos deentrada e saída
q Circuitos de entrada: chaves, seletores, limitadres
q Circuitos de saída: motores, solenóides

ARQUITETURA – MÓDULOS E/S:

MÓDULOS SAÍDA ACIONAMENTO RELÉ:
q Solenóide
q Robustez do módulo – imune a transiente de rede
q Vida útil baixa – 150K~300K acionamentos
q Capacidade de até 5,0A

MÓDULOS SAÍDA ACIONAMENTO RELÉ:

MÓDULOS SAÍDA ACIONAMENTO TRIAC
q Triac
q...
tracking img