Gerativismo diacrônico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1209 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Gerativismo Diacrônico

Introdução
Tendo em vista o grande número de teorias e métodos que busca interpretar as mudanças ocorridas na língua, faz-se necessário refletir sobre o tratamento que as diversas teorias lingüísticas reservam para a mudança linguística. Assim, este trabalho busca demonstrar como a gerativa, corrente teórica linguística, que considera apenas os fatores própriosa grammar do falante , ou seja, seu processamento computacional e desconsidera os fatores externos, ou sócio-históricos, explica as mudanças que ocorreram na língua.
Nas seções que se seguem, serão apresentadas uma breve discussão da teoria abordada, a mudança linguística na perspectiva da teoria abordada, os variados parâmetros e a conclusão que chega este trabalho.

Teoria Gerativa
Alinguística gerativa ou gerativismo, ou ainda Gramática Gerativa é uma corrente de estudos da ciência da linguagem que teve início nos Estados Unidos, no final da década de 50, a partir dos trabalhos do linguista Noam Chomsky que proporcionou a observação das perspectivas gerativas em linguística através da publicação de Syntatic Structures.
A linguística gerativa foi inicialmente formuladacomo uma espécie de resposta e rejeição ao modelo behaviorista, o qual afirma que a capacidade humana de falar e entender uma língua é determinada pelo mundo exterior. Para Chomsky o comportamento linguístico do indivíduo, deve ser compreendido como o resultado de um dispositivo inato, uma capacidade genética e, portanto, interna ao organismo humano, a qual deve estar fincada na biologia docérebro/mente da espécie e é destinada a constituir a competência linguista de um falante. Essa disposição inata para a competência linguística é o que ficou conhecido como Faculdade da Linguagem. A Faculdade da Linguagem é composta por princípios que são leis gerais válidas para todas as línguas naturais, e por parâmetros que são propriedades que uma língua pode ou não exibir e que são responsáveis peladiferença entre as línguas.
A teoria gerativa, então, é um campo de análise que se baseia na compreensão da competência linguística dos falantes, numa abordagem inatista. O gerativismo busca a gramática internalizada na mente/cérebro dos falantes, gramática, portanto individual; têm um método dedutivo, parte de princípios que são testados nos dados linguísticos ou nos falantes nativos dedeterminada língua. No entanto, esta perspectiva também busca compreender a mudança linguística.
“O objeto da linguística para o gerativismo não está na estrutura, mas na possibilidade de gerarem as estruturas, ou seja, a gramática. A dimensão do heterogêneo nas línguas humanas está localizada, neste quadro, em diferentes instanciações da faculdade da linguagem: ou seja,gramáticas particulares não são transmitidas, e nem devem ser confundidas com o conjunto de estruturas possíveis. A aquisição da linguagem, para os gerativistas, é um processo no qual as gramáticas amadurecem a partir do contato da criança com a experiência linguística [...]”. (Sousa, 2006)


O foco na variação diacrônica no quadro chomskiano-gerativista buscava analisar a mudança linguística como umainstância de análise que favorecesse a expansão do conhecimento sobre as línguas particulares, em que o estudo diacrônico era baseado em análise de diferentes sincronias, sem que o plano devidamente histórico fosse levado em conta. Os gerativistas consideravam como razão para a mudança a descontinuidade no processo de aquisição da linguagem. Enquanto os estruturalistas não são inatistas, osgerativistas defendem que as mudanças estão submetidas aos princípios da gramática universal, inata nos indivíduos humanos.

A mudança linguística na perspectiva da teoria gerativa

A linguística histórica pode ser definida como o campo da linguística que visa interpretar as mudanças ocorridas nas línguas ao longo do tempo, sejam elas mórficas, fônicas, semânticas ou sintáticas dentro da...
tracking img