Geotecnia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1536 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO NOVOS MERCADOS - GEOTÉCNIA

SERVMAR Serviços Técnicos Ambientais Ltda.
São Paulo, dezembro de 2012.

1. INTRODUÇÃO
A Geotecnia é a área da Engenharia Civil onde se aplicam os conceitos e princípios fundamentais da Geologia, da Mecânica dos Solos e da Mecânica das Rochas a problemas práticos tradicionais que vão desde a identificação e a caracterização dos maciços, obras defundações, estabilidade de taludes, estruturas de suporte de terras (contenção), obras subterrâneas, aterros sanitários, barragens, até outros que têm vindo a ganhar importância crescente, como o melhoramento e o reforço de solos, o comportamento dos maciços sob ações sísmicas, tratamento de resíduos e a migração e dispersão de poluentes nos maciços e nos respectivos aquíferos.
1.1. Análise Setorial
Omercado de atuação da Geotecnia é bastante amplo, com diferentes campos, atuando no setor de construção civil e obras ambientais, segmentando em até 21 setores de aplicação, sendo estes:

* Barragens;
* Obras viárias;
* Obras subterrâneas;
* Fundações;
* Taludamento, Desmonte, Escavações;
* Cidades;
* Exploração mineral;
* Agricultura;
* Portos, ViasNavegáveis, Lagos e Canais;
* Disposição de Resíduos;
* Riscos Geológicos;
* Materiais Naturais de Construção;
* Colapso e Subsidência;
* Erosão e Assoreamento;
* Hidrogeotecnia;
* Estabilidade de maciços;
* Métodos de Investigação de Terrenos e Materiais;
* Instrumentação Geológico-Geotécnica;
* Estabilidades de Taludes e Encostas;
*
*Cartografia Geotécnica; e,
* Geofísica Aplicada.
Devido a Geotecnia ter diversos campos de atuação, é também imensa a gama de tecnologias de aplicação disponíveis, bem como a procura por soluções inovadoras de rápida execução e baixo custo que são pouco difundidas no mercado.
Este é um mercado que está sempre se renovando há procura de novos métodos e tecnologias, então é comum que sedescubram novas metodologias de aplicabilidade. Há técnicas ultrapassadas, que podem ser facilmente substituídas para alguns casos, mas dependendo da necessidade do cliente, nada deve ser descartado.
É possível se dizer que o setor público possui as obras mais onerosas e o setor privado a maior quantidade de obras, sendo estes os principais grupos consumidores, os quais podem trabalhar em conjunto,quando nos casos de obras públicas, por exemplo.
O mercado imobiliário é um dos grupos que demanda uma boa parte dos serviços de geotecnia de fundação e contenção prestados, considerando novos empreendimentos e também na recuperação de áreas de risco por todo o país. Outro grupo em destaque é de obras de infraestrutura, onde o país tem investido bastante nos últimos tempos.
2. Mercado Alvo
Emreferência a obras de fundações e contenções, conforme exposto pelo o presidente da ABEF (Associação Brasileira de Empresas de Engenharia de Fundações e Geotecnia), Clóvis Salioni Jr., no evento SEFE7 (Seminário de Engenharia de Fundações Especiais e Geotecnia) realizado em junho de 2012, “(...) nos anos mais recentes o Brasil voltou a investir em infraestrutura e, portanto, em obras geotécnicas.Mas 90% delas ainda estão para ser construídas. Precisamos somar forças e fazer com que os projetos em andamento não fiquem parados ou só prossigam muito lentamente, levando 10 anos quando estavam projetados para serem realizados em cinco”.
Só a indústria de fundações faturou R$ 350 milhões em 2011, respondendo por 4% do PIB da construção civil.
Levando em consideração os comentários apresentados,os segmentos de fundações e contenções estão em alta no mercado atualmente, com grandes obras públicas de infraestrutura a ser realizadas, bem como o desenvolvimento urbanístico em crescimento, o que demanda este tipo de serviço. Porém a preocupação com segurança e durabilidade de estruturas também é crescente e assim abre espaço para setores que atendam estes quesitos também.
O seguimento...
tracking img