Geoprocessamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Análise multitemporal do desmatamento na sub-bacia do rio do sangue (MT) por meio do sensoriamento remoto Aline Kaziuk Pereira. Daniel Aparecido Cerralvo. Danilo Muniz de Carvalho. Zuleika Alves de Arruda (Orientadora). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso. NPGA – Sala 1. Rua Zulmira Canavarros, 95 – Cuiabá, MT – Brasil. alinekaziuk@hotmail.comdanielcerralvo@hotmail.com idanilomail@hotmail.com zuleika.arruda @cba.ifmt.edu.br

Abstract
In a period of approximately 30 years the Mato Grosso State became into one of the most productive agricultural regions of the Brazilian territory, achieving, according to the statistics, an outstanding position as the state with the largest planted area of grain agriculture in Brazil. In the last 2 decades the soybean cropexpanded in Brazil to large proportions, specially in areas of the Cerrado domain and, as a consequence, introducing important changes to the model of occupation of the territorial space as well as the local ecosystems. It is important to note that the agricultural production of Mato Grosso is concentrated at the Parecis plateau, where the Cerrado environment and part of the Amazon forest (Rainforest/Seasonal forest) are located, this is, an area partially belonging to the Rio do Sangue basin. The objective of this work is to analyze, by the use of remote sensing, the deforestation occurred at the Rio do Sangue basin (MT) and its effects on the local ecosystem.

KEYWORDS: biodiversity loss, deforestation, remote sensing, perda da biodiversidade, desmatamento, sensoriamento remoto. 1. INTRODUÇÃO A modernização agrícola que se instala no território mato-grossense, a partir do final da década de 1970, está associada à incorporação de novas terras ao processo produtivo, via expansão extensiva da fronteira agrícola, e à intensificação da adoção de técnicas modernas no processo produtivo agrário. Para atender e viabilizar a conjuntura prevalecente, o governo federal implantou,entre 1974 - 1985 programas de desenvolvimento regional, como o Programa de Desenvolvimento do Cerrado (POLOCENTRO), voltado para direcionar a expansão de grãos no Cerrado do Brasil Central, e o Programa Nipo-Brasileiro de Cooperação do Desenvolvimento do Cerrado (PRODECER), visando fomentar o comércio internacional do Brasil com o Japão e a comunidade europeia. Essas medidas contribuíramsobremaneira para que o Cerrado passasse por uma grande metamorfose, na medida em que possibilitou grandes avanços no processo produtivo da soja e do algodão, por meio do uso de novas técnicas e variedades adaptadas às suas condições ambientais. (ARRUDA, 2009) A conjunção das condições naturais (clima e relevos plano) e as novas tecnologias no processo produtivo intensificaram a produtividade agrícola,colocando Mato Grosso em destaque no rol dos Estados que apresentam a maior área plantada do Brasil e, maior produtor e exportador de commodities agrícola que compõem o circuito produtivo do agronegócio, com destaque para a produção de grãos. Em marco de 2012, o estado de Mato Grosso lidera como o maior produtor nacional de grãos, com uma participação de 23,21%, seguido pelo Paraná, com 19,3% e RioGrande do Sul, com 12,5%, estados estes que somados representam 54,9% do total nacional. (IBGE, 2012) Não obstante, os seus benefícios potenciais, principalmente, em termos de crescimento econômico em curto prazo, a expansão acelerada de commodities agrícolas, notadamente a soja na pré - amazônia mato-grossense e Cerrado traz uma série de riscos e impactos ambientais e sociais. Nos últimos 30 anos,aproximadamente, 1,7 milhões de km2 do Cerrado sofreram severos impactos antrópicos, decorrentes principalmente por causa da modernização da agricultura e do predomínio de um modelo agrícola pautado na especialização produtiva, com o cultivo de um só produto agrícola. Dentre as principais externalidades ambientais decorrentes da expansão de commodities agrícolas no território mato-grossense,...
tracking img