GEOMETRIA DESCRITIVA COLABORANDO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE - UNIARP
CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE AUTOMAÇÃO





GUSTAVO RADAELLI





GEOMETRIA DESCRITIVA
COLABORANDO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM










CAÇADOR
2013
GUSTAVO RADAELLI







GEOMETRIA DESCRITIVA
COLABORANDO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM





Projeto apresentado como exigência para a obtenção denota na disciplina Geometria Descritiva, do Curso de Engenharia de Controle Automação, ministrado pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP, sob orientação do(a) professor(a) Zair Abraão









CAÇADOR
2013

INTRODUÇÃO
Nesse Trabalho vamos ampliar um pouco os nossos conceitos sobre a Geometria Descritiva, vamos conhecer alguns métodos muito praticados aqui no Brasil,algumas noções básicas de um desenho e algumas características da Geometria.
























DESENVOLVIMENTO
I.I. O que é Geometria Descritiva?
A Geometria Descritiva (também chamada de geometria Mongeana ou método de monge) é a ciência de base matemática que estuda arepresentação gráfica dos elementos projetados sobre dois ou mais planos. Deste modo permite a solução de problemas tridimensionais com auxílio da geometria plana, e possui aplicações na indústria e nas artes. Esse método foi desenvolvido por Gaspard Monge na França e teve grande impacto no desenvolvimento tecnológico desde sua sistematização. Percebida sua importância, a Geometria Descritiva foitratada com atenção e considerada, no início, como segredo de Estado.

I.II. O que é Diedro?
Em geometria, diedro, ângulo diedro ou ângulo diédrico é uma expansão do conceito de ângulo a um espaço tridimensional. É definido como o espaço entre dois semiplanos não contidos num mesmo plano com origem numaaresta comum. Se os dois semiplanos forem opostos, i.e se estiverem contidos num mesmo plano, obtemos um diedro nulo.
A medida do diedro coincide com a medida do ângulo plano obtido cortando o diedro com um plano perpendicular à sua aresta (seção normal ou reta). De acordo com essa medida, é possível classificar os diedros como:
Diedro agudo 90º e Diedro Raso 180º.
Dois diedros são chamados decomplementares se a sua soma é um ângulo reto, e suplementar se a sua soma é um ângulo raso.
Na geometria descritiva mongeana, o espaço é dividido em quatro diedros ou quadrantes, através de planos bi-ortogonais. (origem do diedro é em uma aresta qualquer).

I.III. O que é Épura?
Épura é uma técnica de representação geométrica bidimensional para formas tridimensionais. A épura é muito usadaem Geometria descritiva e em Desenho técnico, para representar com precisão o volume de um sólido.
A técnica da épura consiste em projetar, sobre dois ou três planos dispostos ortogonalmente, as projeções horizontal, vertical (e lateral, quando do uso do terceiro plano coordenado) do objeto, por meio de pontos correlacionados nos planos de projeção. As coordenadas dos pontos projetados (chamadasde abscissa, afastamento e cota) são marcadas nos planos a partir de sua intersecção denominada linha de terra para identificar onde o ponto se localiza no espaço.
Ao se utilizarem apenas dois planos para a representação da épura, faz-se necessário estabelecer uma linha auxiliar perpendicular à linha de terra para se tornar a origem do sistema, e a partir dela se realizam as medidas dascoordenadas dos pontos.
As retas traçadas numa épura podem ser classificadas quanto ao seu posicionamento como: reta vertical, reta horizontal, reta de frente, reta fronto-horizontal, reta oblíqua ou qualquer, reta de topo e reta de perfil.

I.IV. O que é o método Mongeano?
Foi um método Criado por Gaspard Monge, em 1768 quando buscava solução para problemas ligados à construção de fortificações...
tracking img