Geologia geral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3425 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
Este relatório foi caracterizado pela explanação sobre as atividades desenvolvidas em campo do curso de Engenharia Ambiental com a turma E01, na disciplina de Geologia Geral da Universidade Tiradentes no dia 28 de abril de 2012.
As atividades foram desenvolvidas ao longo da bacia sedimentar de Sergipe – Alagoas em pontos selecionados pelo professor com afloramentos, relacionados adiversos tipos de rochas sedimentares, ígnea e metamórficas.
Essa visita nos permitiu colocar em prática alguns dos conhecimentos adquiridos em sala de aula no decorrer do semestre. Podendo identificar rochas sedimentares,í gneas ou metamórficas e suas formações, disposição das texturas, estruturas, bem como arranjo das fraturas e dobras a atuação de agentes modificadores como intemperismos eerosão, entre outros eventos geológicos.

2. LOCALIZAÇÃO

* Primeira parada Pedreira de Carapeba em Laranjeiras
* Segunda parada Pedreira de Santo Amaro em Santo Amaro das Brotas
* Terceira parada na Pedreira de Murta Mineração na Br 101 em Capela
* Quarta parada Pedreira do Tatu em Japoatã
* Quinta parada na estrada, no encostamento da Br 101
* Sexta parada PedreiraSão João em Propriá

3. OBJETIVOS

* O objetivo da visita ao campo foi praticar os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula, ao longo da disciplina Geologia Geral e a partir dessa visão, acompanhar o professor Artemizio Cardoso de Resende;
* Descrever de forma detalhada todos os pontos ou afloramentos de rochas visitados durante a prática de campo, fotografar, identificarminerais e compreender seus aspectos geológicos;
* Esse passeio também nos proporcionou ampliar nossos conhecimentos sobre Geologia Geral e nos ajudara a entender e melhor a disciplina de Geologia, buscando o máximo de informações possíveis sobre a região de Sergipe e outros conhecimentos.

4. GEOLOGIA REGIONAL

4.1) A Bacia de Sergipe -Alagoas
Esta bacia situa-se no litoral do nordestebrasileiro e compreende uma área de aproximadamente 35.000 km, sendo um terço desta área emersa e dois terços submersos, abrangendo os estados de Sergipe e Alagoas. Limita-se, a norte, com a Bacia de Pernambuco/Paraíba, pelo Alto de Maragogi. Ao sul, o limite da porção emersa é constituído pela Plataforma de Estância e da porção submersa, pela Bacia de Jacuípe, através do sistema de falhas doVaza-Barris. De todas as bacias da margem continental brasileira, esta é a que registra a sucessão estratigráfica mais completa, incluindo remanescentes de uma sedimentação paleozóica, um pacote jurássico a eocretácico pré-rifte amplamente desenvolvido e as clássicas seqüências meso-cenozóicas sinrifte e pós-rifte. A bacia subdivide-se em blocos ou compartimentos tectônicos, em geral, limitados porgrandes falhas, diferenciados com base na profundidade e na configuração da superfície do embasamento, na natureza da cobertura sedimentar, intensidade do falhamento e padrão de anomalias gravimétricas. A Bacia de Sergipe-Alagoas encontra-se diferenciada internamente em quatro sub-bacias, com evoluções tectono-sedimentares ligeiramente distintas: Cabo, Alagoas, Sergipe e Jacuípe, nesta ordem, denorte para sul, destacando-se a ocorrência dos baixos de Mosqueiro e Coruripe na sua plataforma continental. O preenchimento sedimentar da Bacia de Sergipe-Alagoas varia de um compartimento tectônico para outro, sendo sua estratigrafia uma consequência direta de sua evolução estrutural. Pacote sedimentar da Bacia de Sergipe-Alagoas pode ser dividido em quatro megassequências, que geralmenteencontram-se separadas por discordâncias regionais, caracterizadas por mudanças no estilo tectônico e na sedimentação, correlacionáveis aos estágios evolutivos que ocorreram nas bacias da margem leste brasileira e formação do Atlântico Sul. A primeira sequência pré-rifte foi depositada em condições intracratônicas. A segunda sequência rifte é caracterizada tectonicamente pelo evento que deu origem à...
tracking img