Geohistoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3573 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÂO




Rochas sedimentares: são rochas compostas por materiais transformados, formadas pela acumulação e consolidação de matéria mineral pulverizada, depositada pela acção da água, e em menor quantidade, do vento ou do gelo.




A disposição das rochas em horizontes e paralelas não é obra do acaso. É o resultado da deposição lento e sucessivo dos sedimentos quese vão acumulando e que atingem alturas significativas ao longo do tempo.




































1- Origem das rochas sedimentares

As rochas sedimentares ocupam uma posição modesta na constituição da crosta terrestre, pois representam apenas 5%do seu volume. No entanto, recobrem uma extensa superfície, ocupando mais de 75%da área dos continentes.

A génese dasrochas sedimentares implica duas etapas fundamentais que são:

- Elaboração de matérias que as vão constituir, ou sedimento génese.

- Evolução posterior dos sedimentos, ou dia génese

Na génese das rochas sedimentares estão implicados diferentes processos geológicos, desde a alteração ou meteorização das rochas que fornecem as matérias até ao transporte e sedimentação dessasmatérias. Intervêm ainda processos conducentes à evolução dos sedimentos.

A formação das rochas sedimentares ocorre à superfície do Globo ou próximo dela, em regra, em interacção com a hidrosfera, a atmosfera e a biosfera.



1.1- Sedimentogénese-formaçào de sedimentos

A história das rochas sedimentares começa com a elaboração das matérias que vão entrar na sua constituição. Esses constituintessão basicamente de três categorias que são:

Sedimentos detríticos ou clastos: são fragmentos de dimensão variadas, desde partículas de pequeníssimas dimensões até grandes blocos, resultantes da alteração das outras rochas.

Sedimentos de origem química: são resultantes da precipitação de substancia dissolvida na água.

Sedimentos biogénicos: são compostos em regra por restos de seres vivos,nomeadamente conchas e outras peças esqueléticas, fragmentos de plantas, pólen.



1.2- Meteorização das rochas e erosão

Qualquer tipo de rochas é produto do ambiente físico-químico em que foi gerado. Quando as condições ambientais se alteram, as rochas experimentam mudanças.

À superfície da crusta afloram rochas que ficam expostas À acção de agentes variados, tais como a água, o ar, o vento,as mudanças de temperatura e os próprios seres vivos. Esses agentes actuam sobre as rochas provocam a sua alteração física e química, fenómenos que são designados por meteorização.

Em consequência da meteorização, as rochas superficial vão ser destruídas. Os matérias resultante da meteorização podem ser removidos do local quer por acção da gravidade quer pela água, pelo vento ou pelo gelo,sendo essa remoção denominada erosão. Pela meteorização a rocha é alterada e, pela erosão, os materiais são removidos do local. Os próprios fragmentos que são deslocados podem, posteriormente, ser novamente metodizados e erodidos.

Granito uma rocha muito comum que se forma em profundidade. Movimentos da crosta e a remoção das camadas supra jacentes podem pô-lo a descoberto e por isso ele aflora asuperfície. Nestas circunstâncias, o granito fica exposto a condições ambientais de pressão de temperatura muito diferentes daquelas em que foi gerado. O ambiente químico que o rodeia, como atmosfera oxidante, as águas de circulação acidificadas pelo dióxido de carbono. O atmosférico ou resultante das actividades dos seres vivos e próprios os seres vivos, é completamente diferente daquele em quese deu a sua génese. Assim, os minerais que constituem o granito, minerais primários, ficam em desequilíbrio com as novas condições ambientais experimentando alterações profundas.

A rede de classe favorece a alteração da rocha, pois as zonas das bordaduras tornam-se mais frágeis.

Como consequência dessa alteração, nas zonas mais expostas dos blocos graníticos, os minerais perdem a coesão e...
tracking img