Geofisica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6407 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Revista Brasileira de Geociências

28(4):503-512, dezembro de 1998

A MODELAGEM DE SISTEMAS DE FALHAS EXTENSIONAIS, NUCLEADOS EM ZONAS DE FRAQUEZA PREEXISTENTES, E SUA APLICAÇÃO À BACIA MINAS NO QUADRILÁTERO FERRÍFERO, MINAS GERAIS
CAROLINE JANETTE SOUZA GOMES*, MARCELO A. MARTINS-NETO**, GESNER J. L SANTOS*** & LUIZ MARCELO R. MARTINS
ABSTRACT ANALOGUE MODELLING OF EXTENSIONAL BASINSCONTROLLED BY PREEXISTENT BASEMENT FAULTS, WITH APPLICATION TO THE MINAS BASIN IN THE IRON QUADRANGLE, MINAS GERAIS Analogue models were used to investigate the development of extensional basins above reactivated basement faults. All the experiments were set up with a fault system configured both oblique and orthogonal to the extension direction. In one sequence of eight sand models, the simple-shearmodel simulated the lithospheric stretching. The extension was applied on diverse fault dip angles in different extension directions. In a second sequence, the rift systems were simulated by homogeneous pure-shear acting on a brittle crust (sand) and on a brittle-ductile system (a silicone layer above the sand layer). The 3-D analysis of the resulting structures revealed that the geometry of basinscontrolled by preexistent basement faults depends essentially on two factors: the angle between extension direction and fault-strike, and the involvement of the ductile crust. In map-view, the structures were correlated to the Minas Basin, in the Quadrilátero Ferrífero, and ari ENE extension direction was proposed. Keywords: physical modelling of faults; reactivated basement faults; extensionalbasins; Quadrilátero Ferrífero RESUMO Com o objetivo de se estudar a geometria de bacias extensionais, nucleadas a partir de antigas zonas de fraqueza, foram montados treze modelos físicos. Todos os modelos continham um sistema de descontinuidades, em sua base. Em uma sequência de oito modelos, simulou-se a extensão litosférica pelo modelo do cisalhamento simples e em outra, de cinco modelos, aextensão foi simulada por uma deformação do tipo cisalhamento puro. Nos experimentos da primeira sequência, variou-se o ângulo de mergulho das descontinuidades preexistentes, submetendo-os a uma extensão em diferentes direções. Na segunda sequência, além de se modificar a direção de abertura das bacias, introduziu-se, em um modelo, uma camada de silicone, viscosa, sob o pacote de areia, rúptil. Aanálise sistemática, em 3-D, das estruturas formadas demonstrou que a geometria de bacias sedimentares controladas por zonas de fraqueza do embasamento depende de dois fatores: a reologia envolvida e o ângulo entre a descontinuidade preexistente e a direção da extensão. O presente estudo permite sugerir para a Bacia Minas, no Quadrilátero Ferrífero, uma direção de abertura ENE. Palavras-chave:modelagem de falhas; zonas de fraqueza preexistentes; bacias extensionais; Quadrilátero Ferrífero

INTRODUÇÃO A literatura é rica em estudos que versam sobre a geometria e a evolução de rifteamentos oblíquos. Atenção especial tem sido conferida a domínios caracterizados por falhas ou zonas de transferência e a estruturas dominadas pela partição da deformação. Muitas destas pesquisas têm sido ilustradase complementadas por modelos físicos, destacando-se, entre outros, os trabalhos realizados por Tron & Brun (1991), Pinet & Cobbold (1992), McClay & White (1995) e Higgins & Harris (1997). Entre os autores, apenas os últimos trabalharam, como no presente estudo, com um sistema de descontinuidades preexistentes. Um sistema de fraturas conduz a padrões estruturais mais complexos do que aquele geradopor descontinuidades isoladas. A maioria dos autores têm desenvolvido experimentos com o objetivo de confirmar modelos tectônicos teóricos ou estudar problemas de domínios estruturais específicos. O presente estudo, dirigido à elucidação da tectônica que deu origem à Bacia Minas, no Quadrilátero Ferrífero (Fig. l), baseia-se em um inventário estrutural de superfície escasso e fortemente...
tracking img