Genetica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5181 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Introdução à genética

 
Os genes presentes nos cromossomos são a grande fonte de estudo da genética.
A genética é o campo da biologia que estuda a natureza química do material hereditário, isto é, o mecanismo de transferência das informações contidas nos genes, compartilhados de geração em geração (dos pais para os filhos).
Além de auxiliarna identificação de anormalidades cromossômicas, ainda durante o desenvolvimento embrionário, promove em caráter preventivo e curativo a utilização de terapias gênicas como medidas corretivas.

A maior colaboração para a genética atual foi dada pelo monge Gregor Mendel, através de seus experimentos com ervilhas e a proposição de suas leis (segregação independente), mesmo antes de se conhecer aestrutura da molécula de DNA.

ORIGEM DA GENÉTICA

Genética é a área da Biologia que estuda a herança biológica, ou hereditariedade, que a transmissão de características de pais para filhos, ao longo das gerações. A genética desenvolveu-se de maneira expressiva apenas no século XX.
Os filósofos da antiga Grécia divergiam quanto às explicações para hereditariedade. Vamos observar algumasexplicações destes filósofos:
a) Alcmeon de Crotona, um discípulo de Pitágoras de Samos que viveu por volta de 500 a.C., acreditava que os homens e mulheres tinham sêmen e que este seoriginava no cérebro; segundo ele, o sexo das crianças era determinado pela preponderância do sêmen de um dos pais, ocorrendo hermafroditismo se os dois estivessem em igual proporção.
b) Anaxágoras de Clazomene ( 500 –428 a.C.) postulava que o sêmen ocorria apenas nos homens e continha um protótipo de cada órgão do futuro ser; as fêmeas atuariam apenas como receptoras e nutridoras do ser pré-formado. Ele propôs também que os meninos eram gerados no lado direito do corpo e as meninas, no lado esquerdo.
c) Empédocles de Acragas ( 492-432 a. C ), o calor do útero era decisivo na determinação do sexo dos bebês:útero quente produzia homens; útero frio, mulheres.
d) Hipócrates de Cos ( 460 – 370 a.C.) ficou conhecido como “pai da medicina”. Sua hipótese foi denominada pangêsese, cada órgão ou parte do corpo de um organismo vivo produzia partículas hereditárias chamadas de gêmula, que era transmitidas aos descendentes no momento da concepção. Essa hipótese perdurou até o século XIX, tendo entre seus adeptosJean-Baptiste Lamarck e o próprio Charles Darwin.
e) Aristóteles ( 384-322 ) escreveu um tratado sobre o desenvolvimento e a hereditariedade dos animais. Nesse livro, De generatione animalium, ele distinguiu quatro tipos de geração: abiogênese, brotamento, sexuada com cópula e sexuada sem cópula. Obs.Sobre a reprodução sexuada, ele acreditava que resultava de uma contribuição diferencial dossexos: a fêmea fornecia a “ matéria” básica que constituía e nutria o ser em formação, enquanto o macho fornecia por meio do sêmen, a “essência”, transmitindo-lhe a alma, fonte da forma e do movimento.
f) William Harvey (1578-1657) Ele propôs que todo animal se originava de um ovo e que esse ovo produzido pela fêmea necessitava ser fertilizado pelo sêmen do macho para originar um novo ser.
No séculoXVIII , os defensores das idéias originais de Harvey dedicaram-se a explicar como o ovo fertilizado podia originar um novo ser. Havia então duas correntes de explicação : Pré-formismo ( teoria da pré- formação) e a Epigenética ( epigêneses). Entre os defensores do pré-formismo havia os ovistas e os espermistas.
Obs: Apesar de Harvey ter sugerido a possibilidade de ocorrer epigênese , a teoriaepigenética foi proposta formalmente pelo anatomista alemão Caspar Friedrich Wolff em 1759. Wolff propõe que a nutrição e o crescimento das plantas dependem de uma força essencial, por ele denominada vis essentialis , que tem o poder de formar novos órgãos a partir de marterial amorfo. Ele acreditava que a fêmea fornecia uma unidade de matéria mais ou menos homogênea, o óvulo, enquanto o macho...
tracking img