Genetica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5599 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GENÉTICA
Houve um tempo em que o Homo Sapiens não podia controlar nem sequer um por cento de si e do mundo exterior, para facilitar a própria vida domesticou animais, edificou cidades, construiu ferramentas e passou a ser a espécie mais dependente das mudanças que ela própria faz no ambiente. Não chega aos pés de uma espécie herbívora de dinossauro, que circundou o planeta, no entanto o planetanão era diferente como é nos "nossos tempos". A nossa mente nos diferencia dos outros animais e se o corpo também, só nos rebaixa, depois de Darwin, nenhum método psicológico exclui a influência evolutiva animalesca que se baseia na própria manutenção para continuar. O que nos faz querer viver são desejos e auto-afirmação, se temos desejos diferentes, queremos prevalecer é da natureza, só quealguém fica, erradamente de fora.

A genética faz parte de nossas aspirações, que devem ser defendidas pelos idealizadores e ter espaço para seguir em frente. A manipulação dos genes vai da camisinha até o genoma e clonagem que expressa nossa humanidade modernizadora, freando ou modificando o mais antigo e essencial desejo que é a reprodução. Não importa se consideras errado, se estiver erradoque vão para o inferno, mas o progresso deve continuar. A questão é: Isso é bom para o Estado, que é subproduto do homem e base da civilização? Não é necessário nenhum radicalismo, precisamos de realismo e pragmatismo.

A genética é importante hoje em dia, visto que atraves dela, mais concretamente do genoma humano (Conjt. genes), permite a descoberta de muitas curas para os diferentes cancros.Se desvendarmos o genoma humano os cancros acabarão.
Atraves dos genes (genética) há a produção de proteinas, que são essenciais para o nosso organsimo, pois elas são responsáveis por quase todas as funções no nosso organismo, em conjunto com as enzimas.

A expressão do genoma é um processo muito simples mas ao mesmo tempo muito complicado: cada gene do ADN produz um único tipo de RNA que porsua vez produz um unico tipo de proteina responsavel por uma determinda função, em diferentes orgaos.

Mas o dogma da genética, revela-se mais complexa, porque nem em todos os organismos tal acontece. Existem 7 complicações:
1) Um mesmo gene pode ser regulado por diferentes sinais. A actividade de um gene é regulada por vários sinais que vão agir de modo diferenciado sobre a sua expressãopodendo alterar a sua actividade.

2)Um mesmo gene pode originar diferentes RNA. Um gene não produz apenas um RNA. Consoante o sinal, é todo um painel de ácidos diferentes e proteinas correspondentes que são gerados.

3) Um mesmo RNA origina diferentes proteinas. Antes de produzir proteinas, algumas porções de RNA são eliminadas. Consoante o tipo de corte, o mesmo RNA produzirá diferentesproteinas.

4) Uma mesma proteina determina diferentes funções. Uma proteina participa em várias vias metabólicas. Ao associar-se a outras moléculas pode alterar a sua forma e função.

5)OS RNA e as proteinas interferem nos genes, mesmo naqueles que os produziram. Não existe uma via num unico sentido.

6) Os genes interagem uns com os outros. Um gene é activado e desactivado por sinaisproduzidos pelos seus semelhantes, o toma a sua regulação muito complexa.

7) As porções de ADN sem genes, chamado de "lixo" também desempenham um papel importante de regulação suplementar e é este lixo que permite identificar criminosos e definir quem é o pai, o que aumenta o grau de complexidade.

Respondendo a tua pergunta, nao é a genética que tem funções mas sim os conjuntos de genes. E ela éextremamente importante poqrque são os nossos genes e ADN que identificam cada um de nós como um ser único com um código genético único.
Se ocorrer um erro que se inicia nos genes e continuar durante o processo de replicação do ADN, o humano fica com uma mutação genética mas conhecido como doenças genéticas. Muitas delas são raras, mas graves.
Estas doenças ocorrem sobretudo, quando um...
tracking img