Genero

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (375 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A sociedade capitalista é mediada por relações de exploração. Porém alguns grupos de pessoas são mais explorados do que outros ou têm menos direitos do que outros, mesmo sendo pertencentes de umamesma classe, como homens e mulheres da classe trabalhadora.
Embora a diferençã entre homens e mulheres permeia na historia da humanidade é com o advento da sociedade capitalista e consequentemente asociedade de classes em meados do seculo XIX, que ela se coloca como um conflito estruturante do proprio sistema. Como afirma MESZÁROS (2002):
"a mulher é que sustenta toda a estrutura do capital, jáque a família é o microcosmo da estrutura metabólica do capital e por isso há o
perigo de se dar poder à mulher. Pois como vimos é na família que se criam as
condições de exploração dotrabalhador, com a mulher exercendo a função de
prover a família de todas as condições para melhor serem exploradas".
No livro "Prostiuição Uma visão global", Armando Pereira evidencia que "No seculo XIX,que viu o inicio do reinado da maquina e a total eclosão do capitalismo, assistiu-se ao mais desenfreado avanço da prostituição e a mais estarrecedora experiencia com o tráfico em ''massa de mulherespara fins prostitucionais." ( 1976, p. 2).
Este relato nos revela como o sistema capitalista nascente degradava a vida dos trabalhadores e das trabalhadoras, na medida em que as mulheres eramaproveitadas como mão de obra submissa e barata nas fábricas e nas casas, garantindo tanto a reprodução do capital quanto da classe trabalhadora.
Embora este relato refira-se a quase dois seculos atráspodemos ver ao longo da historia um continuo processo de exploração e submissão das mulheres, sobretudo com um crescimento do numero de mulheres traficadas no mundo.
Este fato nos suscita a seguintepergunta. Porque são as mulheres os principais alvos do trafico de mulheres ?
De 2007 a 2010, segundo relatório feito pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc), 27% das vítimas de...
tracking img