Gefersom

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 92 (22915 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DICIONÁRIO DE PSICANÁLISE

DICIONÁRIO DE PSICANÁLISE

ALUCINAÇÃO - Uma percepção convincente de alguma coisa que, na realidade, não se encontra no local. Ouvimos distantemente o soar de uma campainha, embora nenhuma campainha haja soado; percebemos clarissimamente que algo se movimentou no quarto, quando na realidade o quarto está vazio. Trata-se, nesses casos, de um fenômeno psicológicobastante comum, a que todos estão sujeitos. A própria pessoa reconhece posteriormente tratar-se de percepções erradas, que não representam a realidade objetiva. Há, porém, os casos que são considerados patológicos. A diferença entre a alucinação normal e a patológica está principalmente em dois fatores: na intensidade das percepções e no grau de "realidade" que lhes é atribuída pelo sujeito.

Osfundamentos neurológicos, fisiológicos e psicológicos desses fenômenos não estão ainda satisfatoriamente estabelecidos. Trata-se, em todo caso, de "variações" marcantes em nosso mecanismo perceptivo. O que a experimentação científica tem fartamente confirmado é a influência alucinatória, em nossas percepções, de certos fatores extrínsecos, como o álcool, as drogas, o LSD, etc. A maconha, porexemplo, pode fazer com que as cores sejam percebidas com um brilho incrível. O sentido do tempo fica igualmente tão deformado, que o ato mais simples, como o levantar de um braço parece levar um tempo enorme. O alcoolismo agudo ou crônico pode ser acompanhado das experiências perceptivas mais estranhas, tais como a visão de monstros a ameaçar a pessoa ou de vermes a lhe perfurar a pele. ANIMISMO - É apercepção de objetos inanimados como se tivessem vida, sentimentos e intenções. A percepção animista é fenômeno comum tanto às crianças como aos adultos e depende em sua origem da sensibilidade de cada pessoa para as "propriedades fisionômicas" dos objetos e acontecimentos. A diferença básica entre o mundo adulto e o da criança não está na presença ou ausência desses "atributos fisionômicos", emsuas percepções, mas na proporção que geralmente ocupam no conjunto de sua experiência perceptiva. O adulto controla e tende a eliminar tais "características expressivas" dos objetos como fatores meramente subjetivos e irrelevantes. Para a criança, ao contrário, elas constituem geralmente as qualidades fundamentais dos objetos percebidos.

Por força da própria maturação psicológica e daaprendizagem, o mundo perceptual dos adultos tende, por isso, a uma pronunciada uniformidade, com a progressiva "depuração" de tais elementos subjetivos em suas percepções. Ao passo que nas crianças predominam normalmente os aspectos subjetivos da percepção. Daí que o mundo de percepções de uma criança apresenta comumente maior riqueza e originalidade, em suas conotações, que o mundo dos adultos. E asdiferenças são mais notáveis de uma criança para a outra do que entre um adulto e outro. ANOREXIA - Neurose que se caracteriza pela recusa de alimentação e que freqüentemente acompanha as sensações de depressão. A anorexia não provoca a ocorrência de idéias delirantes, sendo que o indivíduo afetado alega apenas que não consegue ingerir alimento algum. Um tratamento psicanalítico, às vezes, se faznecessário para a cura do indivíduo, sendo que a maioria dos casos exige isolamento absoluto. ANSIEDADE - A ansiedade pode ser definida como um mal-estar físico e psíquico, caracterizado por temor difuso, sentimento de insegurança, desgraça iminente. Não se deve confundir ansiedade com angústia, que é o termo reservado para certas sensações que acompanham a ansiedade. Freud observou que os indivíduostêm uma espécie de "sistema de alarme" que os previne do perigo quando certas idéias estão a ponto de alcançar expressão consciente. A isso chamou ansiedade. A ansiedade envolve uma tensão que leva a perturbações fisiológicas (aumento das batidas cardíacas, aceleração do ritmo respiratório, etc.) e a sentimentos de medo e inadequação. Sentimentos inconscientes de culpa, por exemplo, podem...
tracking img