Gastronomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (302 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Religião: O Iraque tem uma composição étnico-linguística de maioria árabe e minoria de curdos (15%), concentrados a porção norte do país. A língua árabe é oficial e predominante; jáno Curdistão, o árabe é ensinado como segunda língua depois da língua curda.
A religião mais professada por mais de 95% da população é a islâmica. A maioria dos muçulmanos são do grupoxiitas (60% da população), concentrados no sul do país. No centro, predominam os sunitas, que são a segunda vertente da religião islâmica (os sunitas totalizam 20% da população).Entre os partidos políticos do Iraque estão o Partido Baath Árabe e Socialista, no governo de 1968 a 2004, o Partido Democrático do Curdistão, e a União Patriótica do Curdistão. AFederação:
soberania: O Reino do Iraque foi o Estado soberano surgido no Iraque após o fim do Mandato Britânico da Mesopotâmia. Ele se iniciou com a coroação de Faiçal I, em agosto de 1921, eterminou em 1958, quando a monarquia foi derrubada num golpe de Estado sangrento liderado por Abd al-Karim Qasim.
Terrorismo: Guerra ao Terror ou Guerra ao Terrorismo é umainiciativa militar desencadeada pelos Estados Unidos a partir dos ataques de 11 de setembro. O então Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou a "Guerra ao Terror" como parte deuma estratégia global de combate ao terrorismo.[3]
Inicialmente com forte apelo religioso neoconservador, George Bush chegou a declarar uma "Cruzada contra o Terror" e contra o "Eixodo Mal", no que ficou conhecido como Doutrina Bush. Isto gerou forte reação entre os aliados europeus acabaram exigindo a moderação no uso de conceitos histórico-religiosos como parteda terminologia do discurso antiterror.
Como parte das operações militares da "Guerra do Terror", os Estados Unidos invadiram e ocuparam países como o Afeganistão e o Iraque.
tracking img