Gastronomia regional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5148 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FESURV – UNIVERSIDADE DE RIO VERDE
FACULDADE DE NUTRIÇÃO

GASTRONOMIA REGIONAL

Acadêmica: Ana Paula de Sousa Prado

Orientadora: Ms Silvia

RIO VERDE – GOIÁS
2013

INTRODUÇÃO

A formação do gosto alimentar não é dada exclusivamente pelo seu aspecto nutricional ou biológico. Comer é um ato social, constituído de costumes, condutas e situações. Alimentar-se vai muito além dosuprimento de uma necessidade fisiológica: é um ato simbólico, cheio de significados. Aquilo que se come tem grande importância para os indivíduos, tanto quanto onde, quando, como e com quem se come. O Brasil, enorme em abundância e diversidade cultural, proporciona uma infinidade de ingredientes, práticas, temperos e sabores que revelam os costumes e as tradições de seu povo. A cozinha brasileira éresultado de um processo histórico, carregada dos mais diversos elementos, das mais diversas procedências que foram modificados, mesclados e adaptados. Não podemos pensar em uma cozinha brasileira sem pensar em miscigenação.
A formação das práticas alimentares do povo brasileiro mescla a influência do colonizador europeu, dos índios nativos e dos escravos africanos. Desde o princípio, essaculinária deixou de ser igual à praticada em seus locais originais, pois a realidade do cotidiano brasileiro influenciou tanto os nativos quanto os povos estrangeiros. A atual culinária regional brasileira é resultado da articulação entre ingredientes disponíveis, técnicas culinárias utilizadas no preparo e principalmente, da criatividade de quem manipula os alimentos. Todos esses elementos, integrados etransformados, deram origem à cozinha brasileira.

Brasil : um País imenso, de vários costumes     
Neste imenso país que é o Brasil, temos uma rica culinária regionalizada, quase impossível de ser generalizada em um território marcado por diferenças tão grandes. Um gaúcho acostumado ao seu churrasco provavelmente jamais ouviu falar no pato no tucupi da Amazônia.
A comida de uma região soaexótica para outra região dentro do mesmo País. Muitas vezes, as frutas nativas são desconhecidas dos próprios brasileiros. Um bebê urbano pode tomar suco de kiwi todos os dias e passar a vida sem provar um mingau de tapioca com açaí, sem ver um araçá, um cumbucá, um sapoti, um jenipapo.
Nossos colonizadores não descobriram aqui uma cozinha desenvolvida, mas o impacto do meio ambiente, dos novosingredientes, logo se fez sentir. O português se junta ao índio e dois vértices culinários se encontram. As mandiocas, as frutas, as pimentas, a caça e a pesca vão se misturando com graça ao azeite de oliva, ao bacalhau seco, aos ensopados, à doçaria.
O colonizador começa a trazer escravos africanos a Salvador, capital da Bahia, para as plantações de cana-de-açúcar. Incorporamos imediatamente oazeite de dendê, o coco, o camarão seco e muita coisa mais, formando o trio: aborígine, português e africano.

É claro que cada região tem suas características, marcas do passado e geografia que determinam sua comida típica, comidas de dia de festa, como as dos santos na Bahia, das festas juninas, de Reis, dos jejuns e tudo o mais.
É comida a ser encontrada nas festas, é claro, ou nosrestaurantes especializados em comida típica.
Cada região tem sua comida festiva, mas a feijoada, de origem carioca, é considerada por muitos o prato brasileiro mais típico e até fonte de inspiração para poesias como "Feijoada à minha moda", de Vinícius de Morais. É oferecida com freqüência a visitantes que se encantam com a panelada de feijão preto de caldo grosso, cozido com uma grande fartura de carnessalgadas, defumadas e frescas. Geralmente se serve o feijão separado, numa vasilha, e as carnes em outra. Os acompanhamentos são couve picada bem fina, só "assustada" na frigideira com um pouco de alho e de óleo, farinha de mandioca ou farofa (que é a farinha passada na manteiga), e fatias de laranja bem frescas. Cada um faz seu prato como quer, mas ninguém deixa de precedê-lo com a famosa...
tracking img