Gases perfeitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (872 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Paulo Augusto Bisquolo*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
Os gases perfeitos obdecem a três leis bastante simples, que são a lei de Boyle, a lei de Gay-Lussac e a lei de Charles.Essas leis são formuladas segundo o comportamento de três grandezas que descrevem as propriedades dos gases: o volume, a pressão e a temperatura absoluta.


A lei de Boyle

Essa lei foi formuladapelo químico irlandês Robert Boyle (1627-1691) e descreve o comportamento do gás ideal quando se mantém sua temperatura constante (transformação isotérmica). Considere um recipiente com tampa móvel quecontem certa quantidade de gás.




|[pic] |


Aplica-se lentamente uma força sobre essa tampa, pois desse modo não alteraremos a temperatura do gás.|[pic] |


Observaremos um aumento de pressão junto com uma diminuição do volume do gás, ou seja, quando a temperatura do gás é mantida constante,pressão e volume são grandezas inversamente proporcionais. Essa é a lei de Boyle, que pode ser expressa matematicamente do seguinte modo:




|[pic] |Onde k é uma constante que depende da temperatura, da massa e da natureza do gás. A transformação descrita é representada na figura a seguir em um diagrama de pressão por volume:




|[pic]|


Na matemática, essa curva é conhecida como hipérbole eqüilátera.


A lei de Gay-Lussac

A lei de Gay-Lussac nos mostra o comportamento de um gásquando é mantida a sua pressão constante e variam-se as outras duas grandezas: temperatura e volume. Para entendê-la, considere novamente um gás em um recipiente de tampa móvel. Dessa vez, nósaqueceremos o gás e deixaremos a tampa livre, como mostra a figura abaixo:




|[pic] |


Feito isso, veremos uma expansão do gás junto com o aumento de...
tracking img