Galileu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1153 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Galileu Galilei (em italiano: Galileo Galilei) (Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrônomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.
Galileu era o mais velho dos sete filhos do alaudista Vincenzo Galilei e de Giulia Ammannati[1]. Viveu a maior parte de sua vida em Pisa e em Florença, na épocaintegrantes do Grão-Ducado da Toscana.
Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, ideias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refrator e com ele descobriu as manchassolares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter[2], os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contribuição de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.
O físico desenvolveu ainda vários instrumentos como a balançahidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o precursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

Foi neste contexto que Galileu escreveu Dialogo di Galileo Galileisopra i due Massimi Sistemi del Mondo Tolemaico e Copernicano, por vezes abreviado para Dialogo sopra i due massimi sistemi del mondo ("Diálogo sobre os dois principais sistemas do mundo") completado em 1630 e publicado em 1632, onde voltou a defender o sistema heliocêntrico e a utilizar como prova a sua teoria incorrecta das marés. É um diálogo entre três personagens: Salviati (que defende oheliocentrismo), Simplício (que defende o geocentrismo e é um pouco tonto) e Sagredo (um personagem neutro, mas que termina por concordar com Salviati). Esta obra foi decisiva no processo da Inquisição contra Galileu. A isto se deve a história complexa que levou à sua publicação.
Em 1638, quando já estava completamente cego, publicou Discorsi e Dimostrazioni Matematiche Intorno a Due Nuove Scienze emLeiden, na Holanda, a sua obra mais importante. Nela discute as leis do movimento e a estrutura da matéria.

Sidereus Nuncius
Em Março de 1610, num livreto de apenas 24 páginas, que tinha o título latino de Sidereus Nuncius (Mensageiro das Estrelas), Galileo comunicou ao mundo a maior parte das suas descobertas astronómicas. Poucas vezes um relatório científico causou tanto impacto nosseus contemporâneos. Johannes Kepler, talvez o maior astrónomo de todos os tempos, chorou de emoção ao lê-lo, tendo escrito, em apenas 11 dias, um entusiasmado panfleto em sua defesa. O pronto acolhimento de Kepler prenunciou o apoio que a obra iria conquistar nos meios cultos da Europa. Galileu dedicou o livro a Cosimo II, grão-duque da Toscana e chefe da poderosa família Medici, baptizando as luasde Júpiter com o nome de "astros mediceus".
Istoria e dimostrazione intorno alle macchie solari
Com o sucesso do Sidereus Nuncius, Galileo julgou que chegara a hora de se pronunciar a favor de Copérnico.
            Num texto publicado em 1613, Istoria e dimostrazione intorno alle macchie solari (História e demonstração sobre as manchas solares) fez o seu discretíssimo elogio do sistemacopernicano não ocupando mais do que três linhas no final da obra. Foi o suficiente, porém, para assanhar os académicos aristotélicos. Um deles, Lodovico delle Colombe, escreveu um tratado no qual, com base em citações da Bíblia, negava o movimento da Terra, facto tanto mais grave quanto, em plena Idade Média, e trabalhando com ideias que vinham desde a antiguidade, o grande filósofo cristão...
tracking img