Gado de corte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1099 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIESP
União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo













CONTABILIDADE INTERNACIONAL











BRUNA CARDINALE

FERNANDO CRUZ

LUCIANO ALVES 6º SEMESTRE “ CIÊNCIAS CONTÁBEIS ”

TAYS DENARDI









Boituva

Setembro/2012

Desafio
Harmonizar as normas contábeis visando a confiabilidade ao público externo,aumentando a segurança e transparência às informações contábeis.
O Brasil apoia essa ideia, e como exemplo, temos a nova Lei das Sociedades por Ações (11.638/07) que facilitou o acesso para a convergência aos padrões internacionais.
Princípios
São elementos que caracterizam o conhecimento científico e na contabilidade tem sentido próprio, onde as leis que não forem obedecidas levam risco aocomportamento, significando “regras a seguir”. As normas são convencionais e estabelecidas por doutrinadores ou por profissionais, tendo como finalidade homogeneizar e harmonizar os resultados obtidos com a aplicação prática dos conhecimentos científicos. Lembramos que são condicionados aos parâmetros estabelecidos pelos princípios.
Elas poderiam variar conforme o ambiente cultural ou econômico atendendoàs necessidades específicas do meio em que são aplicadas.
Na verdade, a intenção de que as normas devam ser uniformizadas universalmente é das melhores: Entende-se que assim não haverá mais distorções ou interpretações erradas da mesma, facilitando o entendimento por todos que efetuarem alguma transação econômica.
Harmonização x Padronização
Harmonização é a realização de mudanças nos sistemas enormas contábeis de vários países, para torná-los compatíveis e cada m com suas características.
Assim existem várias vantagens, desvantagens e obstáculos.
A principal vantagem é o fluxo de recursos econômicos e de profissionais entre empresas e mercados internacionais. Uma grande desvantagem é que não reconhece que diferentes países precisam de normas específicas e os obstáculos são o alto graudas diferenças entre as normas e práticas contábeis, enfim, os obstáculos podem ser superados.
É um momento de reflexão para toda a classe que deve estar envolvida. E a verdadeira harmonização deve ser um processo realmente internacional.
Mas com o amadurecimento, deve se questionar algumas circunstâncias reais que levaram a crise financeira internacional nos últimos meses.
Ainda persistemoutros dois problemas, um é que a grande maioria de países não aceita a forma de pensar dos anglo-saxões e o outro é que o procedimento para aprovar as normas é o de divulgar os rascunhos de pronunciamentos, para receber comentários. E por falta de hábito, alguns países não respondem, tornando imperfeito o processo de decisão.
No Brasil serão adotadas as normas contábeis IFRS que beneficiam asgrandes empresas e são boas para nosso país e podem atrair mais investidores.
O crescimento da internacionalização nas normas contábeis vem levando países a um processo de convergência que tenha como consequência a redução de riscos nos investimentos internacionais.
Isso facilitará a comunicação internacional no mundo dos negócios com uma linguagem contábil mais homogênea e a redução do custo decapital.
Normas Internacionais da Contabilidade
Conhecida como contabilidade estadunidense, cujas regras são organizadas pela entidade civil FASB e as regras de contabilidade organizadas pelo IASB defendido pela União Europeia.
Segundo a orientação de Martins deve ser posicionado da seguinte forma: Contabilidade Internacional trata-se da denominação dada ao estudo das normas contábeis vigentes,tendo em vista a realização de operações internacionais e tem por objetivo levar aos profissionais os conhecimentos necessários para que possam se adaptar às demonstrações contábeis e as exigências de determinados países em que a empresa sob sua responsabilidade tenha interesses comerciais e financeiros.
Histórico
O comitê de pronunciamentos contábeis internacionais, chamado IASC, criado em...
tracking img