Gênero e exclusão social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4109 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
| |

|GÊNERO E EXCLUSÃO SOCIAL |
|                                                                 Izaura Rufino Fischer|
|pesquisadora da Fundação J. Nabuco |
|Fernanda Marques |
|professora da Univers. Estadual de Mossoró/RN|

| |

|Introdução |
||
|  |
|A relação de gênero formada por homens e mulheres é norteada pelas diferenças biológicas, geralmente transformadas em desigualdades |
|que tornam o ser mulher vulnerável à exclusão social. A exclusão que atinge a mulherse dá, às vezes, simultaneamente, pelas vias do |
|trabalho, da classe, da cultura, da etnia, da idade, da raça, e, assim sendo, torna-se difícil atribuí-la a um aspecto específico |
|desse fenômeno, em vista de ela combina vários dos elementos da exclusão social. Desse modo, mais que qualquer outro assunto ligado |
|ao feminino que se deseja analisar, dificilmente se poderá compreender aexclusão particular da mulher sem antes conhecer o fenômeno |
|da exclusão e suas formas de manifestação. Diante de tal premissa serão expostas algumas informações sobre a exclusão social, que em |
|seguida será relacionada com a questão do feminino. |
| |
|A exclusão social |
|  |
|O termo exclusão social, de origem francesa, tomavulto a partir do livro Les Exclus (1974), de autoria de Lenoir, que define os |
|excluídos como aqueles indivíduos concebidos como resíduos dos trinta anos gloriosos de desenvolvimento. Seguindo as idéias de |
|Lenoir, o estudioso brasileiro Hélio Jaguaribe, em meados de 80, prevê, a partir da pobreza crescente, a exclusão de contingentes |
|humanos e a define como resultado dacrise econômica que se inicia em 1981-83. Para este autor, a exclusão assume as feições da |
|pobreza. O escritor e político brasileiro Cristovam Buarque (in Nascimento, 1996), seguindo a mesma perspectiva de compreensão, ao |
|analisar a crise econômica, publica escritos (1991, 1993 e 1994) que chamam a atenção para a ameaça à paz social. Segundo Buarque, a|
|exclusão social passa a servista como um processo presente, visível e que ameaça confinar grande parte da população num apartheid |
|informal, expressão que dá lugar ao termo “apartação social”. Para ele, fica evidente a divisão entre o pobre e rico, em que o pobre |
|é miserável e ousado enquanto o outro se caracteriza como rico, minoritário e temeroso. |
|A exclusão social...
tracking img