Fundamentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 66 (16379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIOLOGIA GERAL E DO DIREITO

PRIMEIRA PARTE: SOCIOLOGIA GERAL

CAPÍTULO 1: AS CIÊNCIAS HUMANAS

MITO

Na antiguidade, as civilizações expressavam seu modo de ver o mundo através dos mitos, estes que servem como uma fonte histórica para interpretação das sociedades antigas.

Os mitos fazem parte do saber acumulado de um povo, numa determinada época, na medidaem que revela o modo como esse povo representa a si mesmo e o mundo a partir de sua cultura.

Trabalho: Apresentar um mito e identificar valores sociais a partir dele.

FILOSOFIA NA ANTIGUIDADE

Nas primeiras cidades gregas estruturaram-se sociedades mais complexas, em que um grupo de pessoas podia se dedicar às atividades intelectuais, enquanto outros se dedicavam aos trabalhosprodutivos.

Nesse contexto nasceu a filosofia, que buscava explicações além dos mitos, desenvolvendo teorias para compreender o mundo.

TEOLOGIA NA IDADE MÉDIA

Durante o período feudal a igreja católica passou a ser o centro do conhecimento, já que tanto os nobres quanto os camponeses eram em sua maioria analfabetos, portanto a fé se tornou o guia do ser humano para responderàs suas inquietações.

A REVOLUÇÃO CIENTÍFICA DA IDADE MODERNA

Com a crise do sistema feudal a burguesia ascendeu, trazendo novos valores culturais tais quais as técnicas para produção em grandes escalas, o desenvolvimento do comércio, a queda da igreja católica e a necessidade de comprovação das verdades através de métodos científicos, substituindo a fé pela razão.

AS CIÊNCIASHUMANAS

Com o desenvolvimento da ciência voltada para a produção em grande escala, o ser humano passou a ser colocado em segundo plano. Dessa forma, surgiu a necessidade do desenvolvimento das ciências humanas, entre elas a sociologia, que busca compreender os reflexos da sociedade sobre o comportamento humano.

Porém, as ciências humanas necessitam de métodos diversos das ciênciasnaturais, pois a objetividade buscada nas ciências naturais é uma utopia para as ciências humanas, já que estas trabalham com dados prontos e acabados, mas sim com interpretações sobre um objeto que está em constante evolução: o homem.

CAPÍTULO 2: A SOCIOLOGIA COMO PRODUTO HISTÓRICO

A sociologia é um produto histórico, portanto, se faz necessário determinar quais os fatores históricosque propiciaram o nascimento da ciência da sociedade. Ela surgiu no contexto do conhecimento científico, como um corpo de idéias que se preocupa com o processo de formação e desenvolvimento capitalista, entre eles: a organização política, a organização dos meios e processos de trabalho, das formas de propriedade da terra e dos instrumentos de produção, da distribuição do poder e da riqueza entreas classes, etc.

A FILOSOFIA SOCIAL: IDADE ANTIGA E IDADE MÉDIA

Na Antiguidade e durante a Idade Média, as tentativas de explicações da sociedade foram muito influenciadas pela filosofia e pela religião que propunham normas para melhorar a sociedade de acordo com os seus princípios. A filosofia e a religião tinham, por objetivo, não explicar as sociedades tais quais elas foram, masindagar o que as sociedades devem ser como elas devem organizar-se para serem tão perfeitas quanto possível.

O fator político sob o domínio de um interesse puramente ético tinha prioridade sobre o fator social. Isso significava que os pensadores antigos, não tomando a própria sociedade como objeto específico de conhecimento, aprenderam como objeto essencial de estudo uma parte da vida social,como a política ou a moral, mas numa perspectiva normativa e finalista.

A TRANSIÇÃO: SÉCULOS XVI - XVII - XVIII

No período agitado do Renascimento, quando se abriram novas perspectivas ao saber humano. A influência teológica, que não permitia ver as coisas senão à luz dominante da salvação eterna, deu lugar a uma perspectiva muito mais independente que favorecia a livre discussão...
tracking img