Fundamentos teóricos metodológicos da alfabetização

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1874 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAMENTOS TEÓRICOS METODOLÓGICOS DA ALFABETIZAÇÃO

1. CONCEPÇÃO DE INFÂNCIA

Texto base: Concepção de Infância e Educação Infantil: a construção de um novo perfil para o professor de educação infantil – Ângela da Silva Soares

Reflexões iniciais:
As transformações ocorridas no campo da educação infantil estão estritamente ligadas a visão que se tem de criança. De um quase anonimato, acriança passa a ser percebida de uma forma romântica e evolui para um sujeito histórico-cultural, com status de cidadão.

1.1CONCEPÇÃO DE INFÂNCIA E EDUCAÇÃO INFANTIL

Idéias - chaves:

• Na IDADE MÉDIA não havia clareza em relação ao período que caracterizava a infância. Era comum determinar a infância como o período que vai do nascimento dos dentes até os sete anos de idade: A primeira idadeé a infância que planta os dentes, e essa idade começa quando a criança nasce e dura até os sete anos, e nessa idade aquilo que nasce é chamado de enfant (criança), que quer dizer não-falante, pois nessa idade a pessoa não pode falar bem nem tomar perfeitamente as palavras, pois ainda não tem seus dentes bem ordenados nem firmes... Le Grand Propriétaire (Ariès, 1978 : 6 )

• Neste período,assim que pudesse realizar algumas tarefas, a criança era inserida no mundo adulto, sem nenhuma preocupação em relação à sua formação enquanto um ser específico, sendo exposta a todo tipo de experiência.

• ATÉ O SÉCULO XVII a sociedade não dava muita atenção às crianças. As más condições sanitárias tornavam muito alta a mortalidade infantil, por isso a criança era vista como um ser ao qual não sepodia apegar.

• A socialização da criança e a transmissão de valores e de conhecimentos não eram assegurados pelas famílias. Desde cedo a criança era afastada de seus pais e passava a conviver com outros adultos, ajudando-os em suas tarefas.

As grandes transformações sociais ocorridas ainda no século XVII contribuíram decisivamente para a construção de um sentimento de infância. As maisimportantes foram as reformas religiosas católicas e protestantes, que trouxeram um novo olhar sobre a criança e sua aprendizagem. Outro aspecto importante é a afetividade, que ganhou mais importância no seio na família.

A aprendizagem das crianças, que antes se dava na convivência das crianças com os adultos em suas tarefas cotidianas, passou a dar-se na escola. O TRABALHO COM FINS EDUCATIVOS FOISUBSTITUÍDO PELA ESCOLA, que passou a ser responsável pelo processo de formação. As crianças foram então separadas dos adultos e mantidas em escolas até estarem "prontas" para a vida em sociedade. Áries, 1978.

Surge uma PREOCUPAÇÃO COM A FORMAÇÃO MORAL DA CRIANÇA e a igreja se encarrega em direcionar a aprendizagem, visando corrigir os “desvios da criança”, acreditava-se que ela era fruto dopecado, e deveria ser guiada para o caminho do bem. Nesse momento, O SENTIMENTO DE INFÂNCIA CORRESPONDE A DUAS ATITUDES CONTRADITÓRIAS: uma considera a criança ingênua, inocente e graciosa e é traduzida pela paparicação dos adultos, e a outra surge simultaneamente à primeira, mas se contrapõe à ela, tornando a criança um ser imperfeito e incompleto, que necessita da "moralização" e da educação feitapelo adulto. kramer, 2003:18.

A vida familiar ganha um caráter mais privado, e aos poucos a família assume o papel que antes era destinado à comunidade. Esse sentimento de infância e de família representa um padrão burguês, que se transformou em universal. Segundo Kramer : ...a idéia de infância (... ) aparece com a sociedade capitalista, urbano-industrial, na medida em que mudam a sua inserçãoe o papel social da criança na comunidade. Se, na sociedade feudal, a criança exercia um papel produtivo direto ("de adulto") assim que ultrapassava o período de alta mortalidade, na sociedade burguesa ela passa a ser alguém que precisa de ser cuidada, escolarizada e preparada para uma função futura. Este conceito de infância é, pois, determinado historicamente pela modificação das formas de...
tracking img