Fundamentos filosoficos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE – UNINORTE
LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES

FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS

MANAUS – AM
2011
CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE – UNINORTE
LAUREATE INTERNATIONALUNIVERSITIES

BRENO LUIS SANTOS DA SILVA SILVA

FUNDAMENTOS FILOSOFICOS
Trabalho para obtenção de nota parcial da disciplina fundamentos filosófica ministrado pelo mestre Luciano Cardenes.

.MANAUS – AM
2011
INTRODUÇÃO
É apresentada neste texto uma opinião direta e contida de quatro filósofos que servem de exemplo até hoje. Eles, em seu respectivo momento histórico, fomentaram formas depensamento e estudaram o homem e a sua relação com o cosmo, Deus e a razão.


A filosofia passou a ser um recurso ideológico em Atenas e nesse apogeu surgem figuras fundamentais: Platão eAristóteles. Esses dois pós-socráticos foram pais de escolas filosóficas paralelas em relação ao ponto de vista e datas históricas, mas vitais, hoje, para o entendi mento cada vez maior da filosofia. Com acriação de essas escolas filosóficas é perceptível que a real função da filosofia é desenvolver opiniões.
Platão, em sua teoria, não acata o ingresso de ideias novas no mundo inteligível, contudoatravés da observação, princípio formulado por Aristóteles, a admissão de novas ideias é imprescindível para a formação do homem e o seu modo de pensar.
O inatismo, proposto por Platão, afirmava que ohomem antes de nascer se transpôs para obter as ideias assimiladas em suas mentes. O mundo em que vivemos denominado por Platão como mundo sensível nós já temos as ideias estabelecidas em nossas mentes,todavia muito preservadas que para serem empregadas. É necessário recordar as ideias já notórias por meio do mundo inteligível.
No platonismo há quatro formas ou graus de ciência que são: a crença,opinião, raciocínio e indução. Para Platão as duas primeiras podem ser rejeitadas da filosofia, pois não são sólidas, sendo as duas últimas são as formas de perpetrar na filosofia.
A filosofia...
tracking img