Fundamentos do direito empresarial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCIPLINA : Direito Penal III

CLAUS ROXIN E O PRINCÍPIO DA ALTERIDADE OU TRANSCENDENTALIDADE


PRINCÍPIO DA ALTERIDADE OU TRANSCENDENTALIDADE

“Transcendental* - que pertence a razão pura,anterior a qualquer experiência, e constitui uma condição prévia dessa experiência”.
(Dicionário Aulete)

Claus Roxin (Hamburgo, 15 de maio de 1931) é um jurista alemão. Ele é um dos maisinfluentes dogmáticos do direito penal alemão, tendo conquistado reputação nacional e internacional neste ramo. É detentor de doutorados honorários conferidos por 17 universidades no mundo.
Claus Roxin foi ointrodutor do Princípio da bagatela, em 1964, no sistema penal. Claus Roxin foi o desenvolvedor do Princípio da Alteridade ou Transcendentalidade no Direito Penal. Segundo tal princípio, se proíbe aincriminação de atitude meramente interna, subjetiva do agente, e que, por essa razão, revela-se incapaz de lesionar o bem jurídico. Ninguém pode ser punido por ter feito a si mesmo.
No Direito Penal,o princípio da alteridade ou transcendentalidade, proíbe a incriminação de atitude meramente interna, subjetiva do agente, pois essa razão revela-se incapaz de lesionar o bem jurídico.

O fatotípico pressupõe um comportamento (humano) que ultrapasse a esfera individual do autor e seja capaz de atingir o interesse do outro. Assim, ninguém pode ser punido por haver feito mal a si mesmo.Conforme Claus Roxin, “só pode ser castigado aquele comportamento que lesione direitos de outras pessoas e não seja simplesmente pecaminoso e imoral. A conduta puramente interna, seja pecaminosa. Imoral,escandalosa, falta a lesividade que pode legitimar a intervenção penal”.

Por essa razão, a autolesão não é crime, salvo houver a intenção de prejudicar terceiros, como na cometida para fraudar aoseguro, onde a instituição seguradora será vítima do estelionato (art. 171, § 2º, V – CP).

Em relação às drogas, não será tipificado como crime o “uso de drogas”, levando em conta o princípio da...
tracking img