Prólogo:

Uma metafísica dos costumes é indispensável, pois os costumes encontram-se suscetíveis à corrupção. Não basta que uma lei moral venha nos dizer o que é moralmente bom ou ruim, mas que traga em si uma necessidade absoluta dos homens, que a faça ser respeitada por si mesma.

Capítulo Primeiro: Transição do conhecimentovulgar da razão ao conhecimento filosófico

Não há nada que seja sempre bom em qualquer situação, a não ser uma boa vontade, e que esta não seja boa pela utilidade que tem, mas sim que seja boa por si mesma. A razão não deve nos dirigir na satisfação de nossas necessidades, mas deve criar uma vontade boa em si mesma, sendo porisso, absolutamente necessária. Uma ação feita por dever não tem seu valor moral na sua utilidade, mas na lei que impulsiona a ação. O dever somente deve ser impulsionado pela lei, devendo-se descartar qualquer sinal de vontade própria, guiada pelo que se ganha no cumprimento do dever. Para sabermos se uma vontade é moralmente boa,devemos nos perguntar se desejamos que essa máxima se converta em lei universal, caso contrário é reprovável. É reprovável não por não atender às vontades de alguém ou por fazer mal a alguém, mas por não poder ser generalizada. Diante dessa vontade de se satisfazer e da lei moral, cria-se uma dialética natural entre as partes quediscute as leis morais do dever.

Capítulo Segundo: Transição da filosofia moral popular à metafísica

Transição da filosofia moral popular à metafísica dos costumes

Apesar de o homem agir impulsionado pelo dever, sempre resta a dúvida se não existem realmente interferências das inclinações, das vontades pessoais. Por esse motivoao longo da história sempre se colocou em dúvida a existência de qualquer ação que fosse guiada pelo dever, mas mesmo assim ─ durante o passar dos tempos ─ o conceito de moral não foi colocado em dúvida, digna de conceber a idéia de dever e débil para cumpri-la e empregando a razão para administrar as inclinações. É [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2012, 10). Fundamentos da metafísica dos costumes. TrabalhosFeitos.com. Retirado 10, 2012, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fundamentos-Da-Metaf%C3%ADsica-Dos-Costumes/447791.html

MLA

"Fundamentos da metafísica dos costumes" TrabalhosFeitos.com. 10 2012. 2012. 10 2012 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fundamentos-Da-Metaf%C3%ADsica-Dos-Costumes/447791.html>.

MLA 7

"Fundamentos da metafísica dos costumes." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 10 2012. Web. 10 2012. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fundamentos-Da-Metaf%C3%ADsica-Dos-Costumes/447791.html>.

CHICAGO

"Fundamentos da metafísica dos costumes." TrabalhosFeitos.com. 10, 2012. Acessado 10, 2012. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fundamentos-Da-Metaf%C3%ADsica-Dos-Costumes/447791.html.