Fundamentos da gestão sobre a arca de noé

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1954 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A ARCA DE NOÉ

Absalão era um homem que se podia conceituar como justo. Era um estudioso.
Dos seus 60 anos de idade, a maior parte havia dedicado à arte da guerra, na qual eram aplicados conceitos técnico-científicos. Era um verdadeiro líder. Com o avanço da idade e o correspondente aumento da sabedoria, Absalão também se preocupava com assuntos humanos. Um dia andava Absalão pelaravina quando - PUFF! - uma nuvem apareceu, acompanhada de uma voz: Só podia ser o Criador! E era!
-ABSALÃO! NÃO ESTOU CONTENTE COM OS HOMENS. ESTÃO POLITIZADOS, GUERREIAM ENTRE SI E SÓ DEFENDEM INTERESSES PRÓPRIOS... FAREI CHOVER POR 40 DIAS E 40 NOITES ATÉ COBRIR A TERRA DE ÁGUA, O QUE SERÁ CONHECIDO COMO DILÚVIO... MAS QUERO QUE UMA NOVA HUMANIDADE NASÇA DE UM HOMEM INTELIGENTE, PRÁTICO E COMOBJETIVOS. VÁ E CONSTRUA UM BARCO PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA E COLOQUE NELE UM CASAL DE CADA SER VIVO. VOCÊ TERÁ 4 MESES PARA ESTE EMPREENDIMENTO.
Absalão ergueu-se lívido. O Criador o elegera gerador de uma nova humanidade! Absalão pouco conhecia de barcos ou de navegação, mas construir um barco enorme - que objetivo! Rebuscou a memória. Conhecia um engenheiro naval chamado Neul, ou seria Neus? Não!Noé! Sim, era este o nome! Noé poderia construir-lhe o barco. Ele, Absalão seria o coordenador do Empreendimento e Noé seria o técnico. Famoso por sua objetividade, logo já conversava com Noé.
- Meu caro, quero encomendar-lhe um barco - e dos grandes!
- Perfeitamente, mas de que tipo e para que espécie de carga e navegação?
- Ora, Noé, isto são detalhes. É um barco para grande carga e águaspesadas.
- Esta bem, senhor, aqui mesmo temos floresta com madeira de densidade de 0.8 g/cm3 em quantidade suficiente. Se a carga é grande, faremos o centro de gravidade baixo e o centro de empuxo alto, de modo a obter grande estabilidade. Acho que com 10 bons carpinteiros, que consigo arranjar na aldeia, e um mês de trabalho duro, estaremos com o barco pronto.
- Não, não, Noé, disse Absalão comum sorriso de condescendência, este Empreendimento é grande e a coordenação é minha. Serei o presidente e você será o técnico. Combinado?
- Combinado, senhor, o barco é seu e quem manda é o senhor, replicou Noé, saindo.
Absalão ficou pensando: "Puxa, não havia pensado nisso! São preciso carpinteiros para cortar as árvores e construir o barco! É preciso selecionar bem estes homens, pois oEmpreendimento não pode falhar. Ah! Já sei! Meu auxiliar na Cruzada Santa das Três Pedras fez uma ótima seleção de lanceiros. Roboão é o seu nome”.
- Mas, chefe, disse Roboão, se o técnico preveu 10 carpinteiros precisaremos de no mínimo 15! O senhor sabe, faltas, doenças, férias, turnover... e para selecionar bem 15 homens temos que explorar um universo de pelo menos 150 a 200 candidatos. Levareialgum tempo para isso e precisarei de auxiliares.
Nesta noite Absalão dormiu satisfeito. Em menos de 24 horas após receber a missão do Senhor já tinha o técnico e o especialista em pessoal. O segundo dia amanheceu tranqüilo e claro. O Presidente foi acordado por Roboão:
- Chefe, já tenho cinco homens anunciando no povoado - é a fase de recrutamento. De acordo com o mercado estamos oferecendo cincodinheiros.
- Mas, Roboão, não será pouco? Minha mulher ganha 9 dinheiros cosendo...
- Deixe comigo, chefe. Só tem um probleminha: Não quero responsabilidade com o numerário. Não acha melhor ter um homem para a gerência financeira?
O Empreendimento crescia de vento em popa. As equipes de recrutamento e seleção já estavam em plena operação. As finanças já tinham um responsável Absalão adquiriuuma grande cabana, já com divisórias e tapetes, e contratou imediatamente o pessoal da zeladoria e segurança. Eram todos velhos conhecidos das forças de combate. Iniciou-se assim, a operação em grande escala.
- Senhor Presidente - falou timidamente a graciosa telefonista, está aqui o Dr. Noé...
- Minha filha, não me interrompa. Diga ao Noé que passe depois do almoço.
Absalão continuou a...
tracking img