Fundamentos da economia resumu capitulo 5

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4541 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Aevolução do estudo da teoria microeconômica teve início basicamente coma
. análise da demanda de bens e serviços, cujos fundamentos estão alicerçados no
conceito subjetivo de utilidade. A utilidade representa o grau de s~E~§ogQ que os consumidores
atribuem aos bens e serviços que podem adquirir no·-n~-~rsado. Ou seja, a
utilidade é a qualidade que os bens econômicos pOSSu~'I11de satisfazeras necessidades
humanas. Como está baseada em aspectos psicológicos ou preferências, a utilidade difere
de consumidor para consumidor (uns preferem uísque, outros, cerveja).
A teoria do valor-utilidade contrap.õe-se à chamada teoria do valor-trabalho,
desenvolvida pelos economistas clássicos (Malthus, Adam Smith, Ricardo, Marx). A
teoria do valor-utilidade pressupõe que o valor de um. bem seforma por sua demanda,
'iSto é, pela satisfação que o bem representa para o consumidor. Ela é, portanto, sub-
.jetiva e considera que o valor nasce da relação do homem com os objetos. Representa
a chamada visão utilitarista, em que prepondera a soberania do consumidor, pilar
do capitalismo.,
A teoria do valor-trabalho considera que o valor de um bem se forma do lado da
oferta, por meio doscustos do trabalho incorporados ao bem. Os custos de produção
eram representados basicamente pelo fator mão-de-obra, em que a terra era praticamente
gratuita (abundante) e o capital pouco significativo. Pela teoria do valor-trabalho, o
valor do bem surge da relação social entre homens, dependendo do tempo produtivo
(em horas) que eles incorporam na produção de mercadorias. Nesse sentido, ateoria
do valor-trabalho é objetiva (depende ~e 'custos de produção).
A teoria do valor-utilidade veio complementar a teoria do valor-trabalho, pois não
era mais possível predizer o comportamento dos preços dos bens apenas com base nos
'0DEMANDA, OFERTA E EQUILíBRIO DE MERCADO
Tabela 5.1 Escala de procura
1,00
3,00
6,00
8,00
10,00
11.000
9.000
6.000
4.000
2.000
Outra forma de apresentaressas diversas alternativas é pela curva de procura (veja
Figura 5.1). Para tanto, traçamos um gráfico com dois eixos, colocando no eixo vertical
0' vários p,cço/, e no horizontal" quantidades demandadas Q. Assim:
10,00
8;00
6,00'
4,00
"
2,00,
'-- __ .L...._--'L-__ -'-'- _ L-_----''-- __ ';--__ L-__ ~\ ./.\v"
2.000 4,000 6.000 8.000 10.000 12.0'00 14.000\;il~~rtl~Jt~JSt~~~~'i~?}~i66;:;XL;~
OS econorríisfas supõem que a curva ou a escala de procura revelam as preferências
dos consumidores, sob a hipótese de que estão maximizando sua utilidade, ou
grau de satisfação no consumo daquele produto. Ou seja, subjacente à curva há toda
uma teoria de valor, que envolve, como vimos, os fundamentos psicológicos do consurnidor-.
A curva de procura inclina-se de cima para baixo; nosentido da esquerda para a
direita, refletindo o fato de que a quantidade procurada de determinado produto varia
inversamente com relação a seu preço, coetctis peribus.
,
Apenas por questão de simplificação, vamos supor que a relação entre aquantidade procurada e o
pr~ço de uma dada mercadoria ou serviço seja do tipo linear, Na realidade, essa relação pode assumir
outras funções matemáticas,como potência, exponcncial.
Essa parte da análise microeconôrnica é denominada teoria do consumidor. Como é relativamente
abstrata, inclusive com razoável grau de formalização matemática, não costuma ser aprofundada em
(ursos introdutórios de Economia.
Matematicamente.rarelação entre a quantidade demandada e apreço de um bem
ou serviço pode ser expressa pela chamada função demanda ou equação dademanda:
Qd = i(Pl
em que:
Qd': quantidade procurada de determinado bem ou serviço, num dado período de tempo;
P = preço do bem ou serviço.
A expressão Qd =f(P) significa que a quantidade demandada Qd é uma função f
do preço P, isto é, depende do preço P.
A curva de demanda é negativamente inclinada devido ao efeito conjunto de dois
fatores: o efeito substituição eo efeito renda. Se o...
tracking img