Funcionamento do cras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1919 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

1 - IDENTIFICAÇÃO.................................................................................................. 04

2 - LISTA DE ABREVIATURAS................................................................................ 05

3 – INTRODUÇÃO.......................................................................................................06

3.1 – Caracterização deInstituição...........................................................................06
3.2 - A importância do campo de Estágio para a formação do assistente social......07
3.3 -A importância do relatório.................................................................................07

4 – OESTÁGIO...........................................................................................................08

5 – AUTO AVALIAÇÃO..............................................................................................10

6 – CONCLUSÕES FINAIS.........................................................................................11

07 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...................................................................12IDENTIFICAÇÃO

Rosemary Carvalho Santana Nascimento:
R.A 1037219
Supervisora de campo: Rosana Paiva Soares de Quadros
CRESS nº
Curso Serviço Social
7º Período
Estágio supervisionado I

Dados do campo

Instituição: Secretária Municipal de Desenvolvimento e Ação Social
Avenida Bias Fortes nº597
Bairro: Centro

Supervisor Acadêmico
Leandra Mara deMelo Vidal – CRESS nº 2297
Universidade de Uberaba

Carga Horária
Estágio de campo supervisionado: 100 horas
Carga horária do Assistente Social: 30 horas
Carga horária da estagiária: 15 horas


















1. LISTA DE ABREVIATURAS

BPC – Benefício de prestação continuada
PBF – Programa Bolsa Família
CRAS – Centro de Referencia de Assistência Social
PAIF –Proteção e Atendimento Integral à Família
NOB/SUAS – Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social
CFAS – Conselho Federal de Assistência Social


























2. INTRODUÇÃO


Conforme o manual de Orientações Técnicas do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é umaunidade pública estatal descentralizada da política de assistência social responsável pela organização e oferta de serviços da proteção básica do Sistema de Assistência Social (SUAS), nas áreas de vulnerabilidade e risco social, dos municípios e DF. Dada a sua capacidade nos territórios, se caracteriza como a principal porta de entrada do SUAS, ou seja, é uma unidade que possibilita o acesso de umgrande número de famílias à rede de proteção social de assistência social.
O CRAS é uma unidade de proteção básica do SUAS que tem o objetivo de prevenir situações de risco e tem como principal característica a manutenção e o fortalecimento dos vínculos familiares, segundo resolução CFAS nº 130 de 15 de julho de 2005 que aprova à Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social– NOB/SUAS.


3.1. Caracterização da Instituição


O CRAS – São Pedro funciona em uma casa alugada de dois andares, com pátio amplo sem cobertura onde são realizadas as atividades físicas, brincadeiras pedagógicas e psicomotricidade. As salas são amplas, arejadas com iluminação suficiente. A cozinha é pequena, mas organizada, não possui refeitório, possui uma sala para umapequena biblioteca, que serve como sala de vídeo com TV e DVD.
Dentre os recursos disponibilizados no CRAS encontramos 02 computadores antigos, não possui internet, uma impressora, um aparelho de telefone.
No segundo andar há três salas, uma é utilizada para reuniões, na outra está o material para oficinas de artesanato, mas não são utilizados, porque não há oficineiros e nem...
tracking img