Funcionalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (294 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Funcionalismo (do Latim fungere, ‘desempenhar’) é um ramo da Antropologia e das Ciências Sociais que procura explicar aspectos da sociedade em termos de funções realizadas por indivíduos ou suasconsequências para sociedade como um todo. É uma corrente sociológica associada à obra de Émile Durkheim.

Para ele cada indivíduo exerce uma função específica na sociedade e sua má execução significaum desregramento da própria sociedade. Sua interpretação de sociedade está diretamente relacionada ao estudo do fato social, que para ele apresenta características específicas: exterioridade e acoercitividade. O fato social é exterior na medida em que existe antes do próprio indivíduo e coercitivo na medida em que a sociedade impõe tais postulados, sem o consentimento prévio do indivíduo.
TeoriaCrítica da Sociedade é uma abordagem teórica que, contrapondo-se à Teoria Tradicional, de tipo cartesiano[->0], busca unir teoria e prática, ou seja, incorporar ao pensamento tradicional dos filósofosuma tensão com o presente. A Teoria Crítica da Sociedade tem um início definido a partir de um ensaio-manifesto, publicado por Max Horkheimer[->1] em 1937, intitulado "Teoria Tradicional e TeoriaCrítica". Foi utilizada, criticada e superada por diversos pensadores e cientistas sociais, em face de sua própria construção como teoria, que é autocrítica por definição.
|
Pontospositivos/contribuições
Visão estrutural, radicalidade crítica, procura enxergar além das aparências. Exercício do raciocínio dialético e da complexidade analítica, inspiradora de reflexões sobre nós e o mundo.Perspectiva macrossocial, que procura vislumbrar a complexidade do sistema, do qual os meios de comunicação em massa são uma parte. Quadro conceitual fornece elementos de crítica à sociedade de modo geral e àsrelações de dominação.
Pontos negativos
Pessimismo analítico, que conduzem (por vezes) à passividade.
A incapacidade de resolução viável dos problemas apresentados





[->0] -...
tracking img