Funcionalismo britanico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1027 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS
FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS

Aline dos Santos Nunes

FUNCIONALISMO BRITÂNICO:
BRONISLAW MALINOWSKI

DOURADOS – MS
2013

Aline dos Santos Nunes

FUNCIONALISMO BRITÂNICO:

Trabalho apresentado à disciplina de TEORIA ANTROPOLOGICA CLASSICA, do curso de Ciências Sociais, da Universidade Federal da Grande Dourados, que tem como professora aProfª Drª Graziele Acçoline

DOURADOS – MS
2013

SUMÁRIO

1- INTRODUÇÃO

2- Vida e Obra

3-Teoria Funcionalista

4-Os Argonautas do Pacifico Ocidental

5-Considerações Finais

6-Referências Bibliográficas

1-INTRODUÇÃO

O trabalho aqui apresentado tem como objetivo, abordar a Teoria Funcionalista segundo Bronislaw Malinowskicitando seus pontos principais e a diferenciando do Evolucionismo citando a obra Argonautas do Pacífico Ocidental para assim melhor entender a qual o diferencial Etnográfico de Bronislaw Malinowski.

2. Vida e Obra

Bronislaw Kasper Malinowski nasceu em Cracóvia, Polónia, a 7 de Abril de 1884. De descendência aristocrata nasceu no seio de uma família com interesses culturais e acadêmicos, quecertamente contribuíram para o êxito que este teve nas áreas que se envolveu.
Começou por estudar matemática e física, mas ao ler “The Golden Bough” de James Frazer o seu interesse por antropologia despertou, e foi já em Londres, na escola de economia e estudos políticos que este procurou desenvolver o seu trabalho neste campo.
Entre 1915-1918 realizou a sua primeira monografia etnográfica na NovaGuiné, em que o método (trabalho de campo e observação participante) constituiu um importante passo para o estudo antropológico, e deste trabalho surgiu, em 1922, o livro os “Argonautas do pacifico ocidental”. Apesar de ser este o seu maior e mais valioso trabalho de campo, Malinowski trabalhou também com tribos da Austrália, do Arizona, da África oriental e do México.
Dividindo-se entre otrabalho de campo e o de professor, este passou pela Universidade de Londres , Universidade de Cornell, Universidade de Harvard e pela Universidade de Yale. Ainda no desenvolvimento do seu trabalho, na área da antropologia cultural formulou uma tese sobre o Funcionalismo. Faleceu em 16 de maio de 1942 em New Haven, Connecticut, Estados Unidos.

3. Teoria Funcionalista

O Funcionalismo Britânicotem como característica importante o rompimento com as Teorias Evolucionistas porem ainda sendo vinculado as ciências naturais o ser humano é dotado de necessidades que precisam serem satisfeitas, tanto sociais como biológicas e psicológicas. Considerando esse pensamento entende-se que a sociedade é como um organismo onde cada qual exerce sua devida função assim como no organismo humanopropriamente dito. A Cultura é dada como sendo produto da natureza humana seria então o meio para satisfazer as necessidades humanas.
‘’Por natureza humana, portanto exprimimos o determinismo biológico que impõe toda a civilização e a todos os indivíduos a realização de funções tais como respirar,dormir,repousar ,reproduzir (MALINOWSKI :246)’’
Os Evolucionistas pretendiam conhecer todas as culturashumanas, atuavam com os antropólogos de gabinete comerciantes, médicos dentre outros faziam as pesquisas e entregavam o material obtido ao responsável pela mesma. O conhecimento era dado através de deduções existiam materiais de muitas sociedades e não indo a campo era impossível conhecer a fundo, acreditava-se que existiam etapas evolutivas e que haviam sociedades mais evoluídas. Aqui esta o pontoque pode se considerar o grande diferencial entre as duas teorias. No Funcionalismo a pesquisa se através de modo empírico aonde o antropólogo vai a campo e vivencia as experiências entre os nativos. Não existem etapas evolutivas a cultura do outro passa a ser diferente e não mais um estágio inferior, existe a perspectiva sincrônica (preocupada com o presente), a sociedade nativa é complexa,...
tracking img