Função conativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 5 (1217 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 21 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 Função apelativa ou conativa

A mensagem é centrada no receptor e organiza-se de forma a influenciá-lo, ou chamar sua atenção. Geralmente, usa-se a 2ª pessoa do discurso (tu/você; vós/vocês), vocativos e formas verbais ou expressões no imperativo. Como essa função é a mais persuasiva de todas, aparece comumente nos textos publicitários, nos discursos políticos,horóscopos e textos de auto-ajuda. Como a mensagem centra-se no outro, ou seja, no interlocutor, há um uso explícito de argumentos que fazem parte do universo do mesmo. Exemplo:"Fique antenado com seu tempo..."; "Compre já, e ganhe dicas surpreendentes!".
OU
Função apelativa (ou conativa)

centraliza-se no receptor; o emissor procura influenciar o comportamento do receptor. Como o emissor sedirige ao receptor, é comum o uso de tu e você, ou o nome da pessoa, além dos vocativos e imperativo. Usada nos discursos, sermões e propagandas que se dirigem diretamente ao consumidor.
OU

Função conativa
Para quem: receptor
Quando a mensagem está orientada para o destinatário, trata-se aí da funçãoconativa. Esta palavra tem sua origem no termo latino conatum, que significatentarinfluenciar alguém através de um esforço. A função conativa é também chamada deapelativa, numa ação verbal do emissor de se fazer notar pelo destinatário, seja através deuma ordem, exortação, chamamento ou invocação, saudação ou súplica.
Talvez pudéssemos pensar que o diálogo — a forma mais correntemente comum deconação — no quadro da estética romântica (a mais confessional) é, na verdade, umalinguagem desuperfície que resulta emmonólogo emotivo — onde o emissor é receptor desi próprio. A amada perdida em “Detalhes” comparece através do pronome você da descrição de alguns possíveis comportamentos imaginariamente descritos pelo emissor —que está mais interessado em extravasar suas fantasias. Assim, seu espaço como receptor é passivo, apesar de representada porvocê— marca chamativa da funçãoconativa.
Outro exemplo é a consciência da função da leitura — que incorpora o leitor notexto, dando-lhe espaço para, nas descobertas, co-laborar com a emissão que, nesse aspectoestá intimamente ligada ao trabalho com o código e com a mensagem — e não com ossentimentos — e vai resultar, modernamente, nas estreitas relações das funções poética emetalingüística.Lembremo-nos, uma vez mais, que umamensagem — seja qual for o material deque é feita — envolve diferentes funções em diálogo. Uma das funções seguramentedeterminará o perfil da mensagem, mas as outras complementam, dialogam, articulam,relacionam diferentes níveis de linguagem numa mesma mensagem. Assim, já afirmamos,mais acima, um possível diálogo determinante na função conativa. Ela pode desenhar umamensagem de configuração emotiva, mas,a consciência de possuir um receptor, nasarticulações de linguagem, implica que a função conativa também pode conectar-se com apoética e com a metalingüística.De todo, importa dizer que a função conativa marca-se gramaticalmente pelapresença do imperativo e do vocativo e pela 2ª pessoa do verbo. E revelada também nasfórmulas mágicas ou encantatórias — as que se expressam em forma de desejo:“Fiquecom Deus” ou “Vá para o inferno!”.
A persuasão da mensagem
Freqüentemente, desde que há tentativa de convencer o receptor de algo, a funçãoconativa carrega traços de argumentação/persuasão que marcam o remetente da mensagem.
Para a linguagem da propaganda, por exemplo, as mensagens construídas visamessencialmente atingir o receptor. Possuem, no seu ato de configuração dos signos,característicasde função poética, visando sensibilizar o público pela beleza daargumentação. Por trás da mensagem publicitária há sempre o imperativo do consumo da mercadoria apresentada, diferentemente da função estéticada arte, que não intenciona persuadir para fins de consumo. A publicidade apropria-se, paraformulação de sua linguagem, e é próprio dela, dos níveis gráfico, visual e sonoro dossignos,...
tracking img