Fukushima estudo de casos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas – FACITEC
Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico – IESST
Aluno (a): Marileide
Andreia paula
João Pereira
Dayane Silva
Curso/ Turno: Administração/ Noturno
Disciplina: comunicação empresarial







FUKUSHIMABrasília, 18 de abril de 2012

Introdução

O terremoto de 8,9 graus na escala Richter e o tsunami que abalaram o Japão na madrugada do último dia 11 de março provocaram danos na usina nuclear de Fukushima administrada pela empresa Tokyo Electric Power Company (TEPCO), localizada na região nordeste da ilha. Vazamentos radioativos foramregistrados e um iminente desastre nuclear, Evidências apontaram uma fusão parcial do núcleo nos reatores 1, 2 e 3; explosões destruíram o revestimento superior de hidrogênio dos edifícios de alojamento dos reatores 1, 3 e 4; uma explosão danificou o confinamento dentro do reator 2; e múltiplos incêndios eclodiram no reator 4. Além disso, as barras de combustível armazenado em piscinas decombustível irradiado das unidades 1-4 começaram a superaquecer os níveis de água nas piscinas abandonadas. Receios de vazamentos de radiação levaram a uma evacuação de 20 km de raio ao redor da planta. Os trabalhadores da fábrica sofreram exposição à radiação e foram temporariamente evacuados em vários momentos. O medo do que não dá pra ver: a radiação nuclear. As explosões nos reatores da usinaassustaram o mundo. Três tipos de radiação podem ser liberados no meio ambiente devido o acidentes em usinas nucleares.









Fukushima
O acidente nuclear no - JAPÃO. Em 11 de março de 2011 forte terremoto de 9 pontos na escala Ricther abalou o nordeste do Japão . o que causou maior preocupação foi o desastre nuclear nos reatores da Usina Nuclear de Fukushima a 280 km de Tóquio.
CausasDevido o tsunami evidências apontaram uma fusão parcial do núcleo nos reatores 1, 2 e 3; explosões destruíram o revestimento superior de hidrogênio dos edifícios de alojamento dos reatores 1, 3 e 4; uma explosão danificou o confinamento dentro do reator 2; e múltiplos incêndios eclodiram no reator 4. Além disso, as barras de combustível armazenado em piscinas de combustível irradiado das unidades1-4 começaram a superaquecer os níveis de água nas piscinas abandonadas. Receios de vazamentos de radiação levaram a uma evacuação de 20 km de raio ao redor da planta.
Consequencias
A catastrófico tsunami provocou milhares de mortes e desaparecidos, arrasando cidades inteiras.alem dos trabalhadores da fábrica que sofreram exposição à radiação e foram temporariamente retirado do local. Aradioatividade chegou a ser detectada em Tókio, na água do mar e no solo em vários momentos. O maior receio é o de um grande vazamento de radioatividade do complexo de Fukushima que teve o sistema de resfriamento dos reatores nucleares danificado pelo terremoto. Já se admite o derretimento das barras de combustível nuclear dos reatores. Os principais danos detectados até o memento: Reator 1 tevea cobertura de concreto destruída numa explosão. Reator 2 – a empresa Tokyo Electric Power, operadora da Central Nuclear de Fukushima (18/03/2011) admitiu a possibilidade de que o combustível do reator 2 tenha entrado em fusão devido ao sistema de resfriamento ter sido avariado. Reator 3 – o prédio de concreto foi destruído, mas o contêiner do reator está intacto. Os outros reatores (4,5 e 6)estão intactos e as usinas haviam sido desativadas.
A liberação de material radioativo na atmosfera levou o governo japonês a estabelecer uma área de exclusão com a evacuação da população num raio de 10 a 20 km ao redor da usina. Cerca de 110 mil pessoas foram evacuadas. Foi utilizado jatos de água do mar para o resfriamento no Reator 1 que explodiu e no Reator 3 para reduzir a pressão, porém o...
tracking img