Freud

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9587 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Área de Ciências Biológicas e da Saúde

CBS



Curso de Psicologia





Avaliação Psicológica II:


Técnicas Projetivas







Prof. Ms Fabio Donini Conti



2013


Parte deste material se constitui a partir de resumos elaborados pela profa Lurdes Valino. Foi complementado textos pelas professoras Solange M. Carvalho e Regiane R. Aquino, para apresentação de textos relativosaos conteúdos das aulas da disciplina de Avaliação psicológica III (técnicas projetivas gráficas). O mesmo não substitui a leitura dos textos originais das obras indicadas na bibliográfica básica e complementar que constam no plano de ensino.
Quanto ao uso do laboratório as normas permanecem como do ano anterior, mas devem reler estas para o bom desenvolvimento das atividades a serem realizadas.Texto 1


Autor: Didier Anzieu
Título do Livro: Os Métodos Projetivos
Capítulo 1 – O conceito de projeção em psicologia p. 15-34


1. Histórico

Métodos projetivos

1939 – FRANK: “Os métodos projetivos para o estudo da personalidade”
– criou a expressão “métodos projetivos” para explicar o parentesco entre três provas psicológicas:
– testede associação de palavras de Jung (1904)
– teste de manchas de tinta de Rorschach (1920)
– T.A.T. (teste de invenção de histórias) de Murray (1935)
– mostrou que tais técnicas formam o protótipo de uma investigação dinâmica e global da personalidade.

PERSONALIDADE – uma estrutura em evolução

“TESTES” PROJETIVOS –instrumentos do método clínico

TÉCNICAS PROJETIVAS – características: ambigüidade do material
liberdade para responder


2. Etimologia

Termo “Projeção”

PROJEÇÃO – Três sentidos que evocam sua multidimensionalidade, especificidade e fecundidade:

1º sentido: Ação física, o jato (ex.: lançamento de projéteis) – expulsar daconsciência os sentimentos repreensíveis atribuindo-os a outra pessoa (Freud).
“(...) os testes projetivos favorecem a descarga, sobre o material apresentado ao sujeito, de tudo aquilo que este recusa ser, que vivencia em si mesmo como mau, ou como pontos vulneráveis”. (p. 18)

2º sentido: Matemático – correspondência entre um ponto (ou conjunto de pontos) do espaço e um ponto (ou conjunto de pontos)de uma reta ou de uma superfície.

“Os testes projetivos, analogamente, levam o sujeito a produzir um protocolo de respostas de tal modo que a estrutura do mesmo corresponde à estrutura de sua personalidade...” (p. 18)

3º sentido: Ótica – partindo de um foco, a projeção luminosa envia raios ou radiações sobre uma superfície.

“Um teste projetivo é como um raio X. Atravessando o interiorda personalidade, fixa a imagem do seu núcleo secreto sobre um revelador (aplicação do teste), permitindo depois sua leitura fácil por meio da ampliação ou projeção ampliadora em uma tela (interpretação do protocolo). O QUE ESTÁ ESCONDIDO FICA, ASSIM, ILUMINADO; O LATENTE SE TORNA MANIFESTO; O INTERIOR É TRAZIDO À SUPERFÍCIE; o que há em nós de estável e também emaranhado se desvenda.” (p. 19)Projeção nos três sentidos:

No primeiro sentido, há uma descarga de impulsos e emoções que “delimita o nível onde opera o teste projetivo: trata-se, de qualquer modo, de uma psicanálise condensada...”. (p. 19)
O segundo sentido, “(...) Estabelece uma correspondência estrutural entre a personalidade, concebida como o sistema de condutas próprias a cada um, e as produções individuais em umasituação definida por duas variáveis: uma superfície quase vazia (material de teste), que o sujeito deve preencher com suas respostas, e uma regra de projeção ”oblíqua” (instruções de liberdade orientada do teste); este segundo sentido fundamenta o rigor científico das técnicas projetivas.” (p. 19)
O terceiro sentido, “(...) É o veículo das representações arcaicas da imagem do corpo, onde o...
tracking img