Fresadoras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4763 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Processos de Usinagem

“Rodas Dentadas, Fresadoras e ferramentas de Corte”















Guilherme Mortagua Domingues

4AM.




Indice:
1- Rodas Dentadas


1.1- Introdução;
1.2- Tipos de Rodas Dentadas;
1.3- Características Importantes;
1.4- Trens de Rodas Dentadas;
1.5- Lei do engrenamento;
1.6- Interferência de dentesevolventais;
1.7- Relação da engrenagem;
1.8- Tipos de Fabricação.






2- Fresadoras


2.1- Introdução;
2.2- Tipos e características;
2.3- Classificação.






3- Ferramentas de Corte


3.1- Introdução;
3.2- Cabeçote divisor;
3.3- Fresas e Ângulos das Cunhas;
3.4- Fresas e Geometria;
3.5– Tipos deFerramentas de Corte.












1- Rodas Dentadas




1. - Introdução
Rodas dentadas formam a ligação entre eixos e correntes. Elas precisam não apenas assegurar a conexão confiável eixo/cubo com eixos de diferentes geometrias, mas o perfil dos seus dentes deve estar perfeitamente adaptado à corrente usada. Esta é a única maneira de garantir a operação confiável com baixodesgaste e baixo ruído. Correntes de designs diferentes (p.ex. corrente de rolos, buchas ou dentes) e diversos passos (p.ex. 6,35mm, 8mm, 9,525mm), assim como correntes simples e duplas estão disponíveis. Na seleção de material e no processo produtivo das rodas dentadas deve ser levada em consideração a carga suportada, a geometria a ser obtida e a custo-efetividade. Em princípio, é feita umadistinção entre os seguintes tipos:
• Rodas dentadas feitas por estampagem de precisão;
• Rodas dentadas produzidas em metal sinterizado;
• Rodas dentadas fabricadas por métodos de corte;
• Rodas dentadas forjadas / extrudadas.
As rodas dentadas operam aos pares, os dentes de uma encaixando nos espaços entre os dentes de outra. Se os dentes de um par de engrenagens se dispõem emcírculo, a razão entre as velocidades angulares e os torques do eixo será constante. Se o arranjo dos dentes não for circular, variará a razão de velocidade. A maioria das engrenagens é de forma circular.
Para transmitir movimento uniforme e contínuo, as superfícies de contato da engrenagem devem ser cuidadosamente moldadas, de acordo com um perfil específico. Se a roda menor do par (o pinhão) está noeixo motor, o trem de engrenagem atua de maneira a reduzir a velocidade e aumentar o torque; se a roda maior está no eixo motor, o trem atua como um acelerador da velocidade e redutor do torque.
Engrenagens são rodas com dentes padronizados que servem para transmitir movimento e força entre dois eixos. Muitas vezes, as engrenagens são usadas para variar o número de rotações e o sentido da rotaçãode um eixo para o outro. As engrenagens operam aos pares, os dentes de uma encaixando nos dentes de outra. Se os dentes de um par de engrenagens se dispõem em circulo, a razão entre as velocidades angulares e os torques do eixo será constante. Se o arranjo dos dentes não for circular, variará a razão de velocidade. A maioria das engrenagens é de forma circular. Para transmitir movimento uniforme econtínuo, as superfícies de contato da engrenagem devem ser cuidadosamente moldadas, de acordo com um perfil específico. Se a roda menor do par (o pinhão) está no eixo motor, o trem de engrenagem atua de maneira a reduzir a velocidade e aumentar o torque; se a roda maior está no eixo motor, o trem atua como um acelerador da velocidade e redutor do torque.

1.2 - Tipos de Rodas Dentadas

Asengrenagens não só apresentam tamanhos variados, mas também se diferenciam em formato e tipo de transmissão de movimento. Dessa forma, podemos classificar as engrenagens empregadas normalmente dentro dos seguintes tipos:
Cônicas.
É empregada quando as árvores se cruzam; o ângulo de intersecção é geralmente 90°, podendo ser menor ou maior. Os dentes das rodas cônicas tem formato também cônico,...
tracking img