Frei jorge

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
| BIOGRAFIA DO PADRE ANTÓNIO VIEIRA
Padre António Vieira nasceu a 6 de Fevereiro de 1608 e faleceu a 18 de Julho de 1697Um dos homens mais notáveis de Portugal, um dos mestres da nossa língua, um dos primeiros pregadores do seu tempo, um homem cuja inteligência vastíssima abrangia todos os assuntos e resplandecia em todos os campos.  N. em Lisboa a 6 de Fevereiro de 1608, sendo baptizado no dia15 desse mês na Sé metropolitana da mesma cidade; fal. na Baía a 18 de Julho de 1697. Era filho de Cristóvão Vieira Ravasco, fidalgo de nobre ascendência, e de D. Maria de Azevedo.  Nos fins de 1615 partiu com a família para a Baía, não se sabe bem, porque motivo, supondo com grande fundamento João Francisco Lisboa que foi por o seu pai ter sido nomeado secretário do governo da Baía, lugar quepor muito tempo exerceu. Começou a estudar no colégio da Companhia de Jesus, mostrando, no princípio, dificuldades em aprender. É de crer que os padres jesuítas, vendo o grande talento que o seu juvenil discípulo manifestava, procurassem o mais possível, como sempre faziam, atrai-lo ao seu grémio. Diz o próprio P. António Vieira, que sentiu uma grande vocação para a vida religiosa numa tarde deMarço de 1623, quando estava ouvindo o P. Manuel do Carmo pregar, fazendo uma descrição do inferno. É bem possível, que sentindo desabrochar em si próprio o talento oratório, e percebendo que só no púlpito o poderia manifestar dum modo prestigioso, se sentisse arrastado para a carreira que tais triunfos lhe proporcionaria. Um dia, manifestou a seus pais a vontade que tinha de professar, e elesopuseram-se terminantemente. Procuraram por todas as formas dissuadi-lo desse desejo, mostrando-lhe todos os seus inconvenientes, e tentando chamá-lo à razão, mas nada conseguiram. Cristóvão Ravasco manteve-se firme na recusa, e o filho esperou que o tempo o tornasse menos intransigente. Como assim não acontecesse, na noite de 5 de Maio de 1623 fugiu da casa paterna e foi para o colégio dos jesuítas.Parece que os padres não seriam estranhos a essa resolução, porque eles procuravam por todos os modos chamar para o seu instituto as grandes inteligências, e não desaproveitariam um tal discípulo. Tão precocemente se desenvolvia o seu talento, que aos 17 anos de idade já era encarregado de escrever em latim as anuas que eram enviadas da província ao geral de Roma, e aos 18 era mandado leccionarretórica no colégio de Olinda, e depois filosofia dialéctica. Ali se manifestaram as suas admiráveis faculdades intelectuais, fazendo comentários a Séneca e a Ovídio e, como teólogo, a várias passagens da Escritura. Aos 20 anos frequentava teologia e os superiores permitiram-lhe redigir uma apostilha para as suas próprias lições; aos 30 foi nomeado mestre de teologia. Passou ao 3.º grau da Companhia,dos coadjutores espirituais, e depois de ter dito a primeira missa, em 1635, começou a exercer as funções de pregador, inerentes ao referido grau. As suas provas estavam dadas, e só lhe faltava a idade para se elevar a professo e ser admitido ao 4.º voto, pelo qual reconhecia o papa como único poder legítimo na terra. Como pregador, revelou logo nos primeiros sermões, os prodigiosos dotes oratóriosque o distinguiam e foi em 1610 que pregou o seu famoso sermão contra os holandeses, que já tinham ameaçado a Baía. Foi na catedral da Baía que se começaram a fazer preces pelo sucesso das armas portuguesas e coube ao P. António Vieira pregar contra os holandeses. Tomou por texto do sermão a frase: Exurge, quare obdormis, Do mine? Dirigindo-se a Deus, não como suplicante mas como crítico e numrapto sublime de patriotismo e de dor, dirigiu à Providencia essa famosa apóstrofe, que é um dos trechos mais belos da tribuna sagrada ou profana de todos os países, apóstrofe em que A acusa amargamente de ter abandonado os seus fiéis portugueses que, pela fé, tantos sacrifícios fizeram, para proteger os hereges da Holanda, que eram os seus inimigos. Nesse sermão pregado em princípios de 1610,...
tracking img