Fraturas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 15 (3614 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 4 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto


ETEC DONA ESCOLÁSTICA ROSA
TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO


ALESSANDRA CHRISTINA RAMOS SILVA MANOEL ACHADO
CAROLINE DOS SANTOS LIMA
JÉSSICA PANTALEÃO SOUZA
JOÃO PEDRO TRAJANO XAVIER
JULIANA ALMEIDA DA CRUZ
NAYLLA FERNANDES LEÇA
PRISCILA DE JESUS SÁ


FRATURAS





SANTOS – SP
OUTUBRO/2013
ALESSANDRA CHRISTINA RAMOS SILVA MANOEL ACHADO
CAROLINE DOS SANTOS LIMA
JÉSSICAPANTALEÃO SOUZA
JOÃO PEDRO TRAJANO XAVIER
JULIANA ALMEIDA DA CRUZ
NAYLLA FERNANDES LEÇA
PRISCILA DE JESUS SÁ


FRATURAS


Trabalho apresentado junto ao curso Técnico de Segurança do Trabalho, da Disciplina Suporte Emergencial à Vida, com orientação do Prof. André Luiz R. de Mello.





SANTOS
OUTUBRO / 2013
SUMÁRIO

26. WEB GRAFIA 20
1. INTRODUÇÃO
Nesse trabalho veremosas características, os sinais e os sintomas da fratura, seja ela fechada ou aberta. Como o osso, mesmo ele sendo sólido com um choque, uma queda ou um esforço brusco, ele pode ser quebrado ou esmagado.
Mostraremos o procedimento específico e correto para cada membro fraturado. Como um socorro rápido pode amenizar os danos decorrentes das fraturas, quando se sabe o que fazer e o que não deve serfeito, visto que há riscos de infecção ao socorrer a vítima.
Citaremos a redução, a reaproximação da estrutura óssea fraturada e deslocada e a manutenção dos ossos mesmo que seja por meio de gesso; as cirurgias, mobilizações e técnicas de reabilitação ao paciente.













2. FRATURA
É a quebra de um osso causada por uma pancada muito forte, uma queda ou esmagamento.
Há doistipos de fraturas: as fechadas, que, apesar do choque, deixam a pele intacta, e as expostas, quando o osso fere e atravessa a pele. As fraturas expostas exigem cuidados especiais, portanto, cubra o local com um pano limpo ou gaze e procure socorro imediato.
2.1. Fratura fechada - sinais indicadores
Dor ou grande sensibilidade em um osso ou articulação.
Incapacidade de movimentar a parteafetada, além do adormecimento ou formigamento da região.
Inchaço e pele arroxeada, acompanhado de uma deformação aparente do membro machucado.
2.2. Fratura aberta ou exposta
Quando a pele se rompe e o osso fica exposto. Esta ruptura pode ser causada por algum objeto cortante ou pelos próprios fragmentos ósseos. Neste caso, a probabilidade de infecção é muito grande, e por isso a fratura deve serexaminada com atenção pelo médico.
Os ossos embora muito resistentes tenha naturalmente uma capacidade de deformação para que possam absorver impactos, voltando à sua forma original, quando o agente causador se dissipar.
No entanto, cada tipo de acidente poderá trazer aos ossos um tipo de resultado de maior ou menor dano. Como por exemplo: em acidentes menores poderá não haver a “fratura”, masapenas uma “trinca”, ou os ossos podem despedaçar-se em impactos maiores, podendo chegar ao grau de fraturas de maior intensidade, como “as expostas”, perigosas pelo fato de que se não tratadas adequadamente e rapidamente poderão levar à uma infecção.
3. O QUE CARACTERIZA UMA FRATURA?
Incapacidade total ou parcial de movimentos;
Dificuldade e dor aos movimentos;
Observação de inchaço na áreaatingida;
Posição anormal do membro atingido;
Traumatismos.
Além das fraturas expostas ou abertas há também outros tipos, como:
Fratura patológica: ocorre num osso afetado por problemas prévios que o enfraqueceram (como doenças congênitas, infecções e lesões benignas ou malignas).
Fratura por estresse: ocorre em ossos submetidos a esforço contínuo. Sua incidência vem se elevando devido àdisseminação da prática esportiva intensa pelos jovens.
Fratura desviada: os fragmentos do osso se deslocam.
Fratura articular: há acometimento da articulação.
Descolamento epifisário: atinge a placa de crescimento.
Fratura em “galho verde”: o osso é “lascado” ou “trincado”, sendo que um lado dele permanece íntegro.
Fratura subperiostal: ocorre sob o periósteo, membrana resistente que envolve o...
tracking img