Franquias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4709 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A franquia é um sistema de colaboração comercial no qual o franqueador cede ao franqueado uma série de aspectos (sistema de comercialização próprio, uso da marca, seu know how ou saber fazer, assistência técnica.)

Um setor que tem recebido atenção por parte de investidores, empresários, imprensa e da sociedade em geral é o de franquias. O crescimento desse setor, quevem sendo observado tanto no Brasil como em diversos países, parece ser sedutor por tratar-se de uma alternativa que substitui o emprego ou por ser uma opção para a realização do sonho de ser empreendedor. Ao mesmo tempo vai ao encontro do anseio das empresas pela possibilidade da rápida expansão de suas marcas e, conseqüentemente, proporcionando ganhos de escala, com custos e riscosaparentemente mais baixos.



























HISTÓRIA DO FRANCHISING



O conceito inicial de franquia retoma o tempo da idade média, quando se adotava o feudalismo na Europa, onde as cidades-estado e a Igreja confundiam-se na pessoa do seu líder. À época se estabeleceram algumas cidades 'francas', ou seja, cidades livres de pagamentos de taxas/impostos aopoder central e/ou à Igreja, seus comerciantes tinham direito ao livre comércio de bens e serviços.

A maioria das pessoas acredita que o sistema de franquias, ou simplesmente Franchising, é um sistema novo de negócios, com origem no final do último século.



A própria palavra “franchise” tem, na verdade, uma origem muita antiga, na França da idade média para ser mais exato, noauge do sistema feudal, na qual as terras eram dividas entre a Igreja e a nobreza. Em francês arcaico, a palavra “Franc” significava algo como transferência de um direito ou outorga de um privilégio.



Naquela época, alguns nobres recebiam da Igreja o direito de cobrar os impostos dos camponeses. Estes senhores repassavam esta arrecadação à Igreja, porém lhes era concedido um percentualsobre o total arrecadado. Talvez esta seja a primeira utilização do termo franchise.

O sistema de franchising, tal e como o conhecemos hoje em dia, teve sua origem em meados do século XIX, nos Estados Unidos, concretamente no ano de 1862. O primeiro uso do sistema de franchising como prática comercial que se tem notícia foi nos Estados Unidos, por volta de 1850, quando as IndústriasSinger, conhecida fabricante de máquinas de costura, permitia que terceiros utilizassem a sua marca na comercialização de produtos, com a intenção de aumentar a sua penetração no mercado com investimentos relativamente pequenos.

Nessa data, a companhia I.M. Singer&Co, dedicada à fabricação de máquinas de cozinhar, começou a utilizar esta fórmula empresarial para solver as necessidades dedistribuição e cobertura dos seus produtos.
Assim, a necessidade de expansão da indústria no norte do país, triunfante atrás da guerra civil, leva os empresários a procurar a colaboração dos comerciantes de outras zonas, dando começo a essência do verdadeiro sistema de franquia: a colaboração entre empresários independentes para a obtenção de um fim comum.
Com o tempo, muitas outras companhiascomeçaram a adotar este conceito e negociaram concessionárias e distribuidores oficiais. Este foi o caso de vários fabricantes de automóveis, como a Ford ou General Motors, e de algumas companhias mais importantes de refrigerantes, como Seven Up ou Coca-Cola, a qual aceitou expandir-se, em número de países, com um sistema e formato equivalentes.
Em 1929, a General Motors recorre a um contrato quefavorece o associativismo entre a central e os seus distribuidores, de forma que se favorecia a colaboração entre as partes, ao mesmo tempo em que ambas mantinham níveis razoáveis de independência. Desta forma, diante das leis antitrust, tendentes a evitar a integração vertical de distribuidores e produtores, facilitou o desenvolvimento efetivo do sistema de franquias, de cuja vitalidade e...
tracking img