Fotoetnografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (953 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nas fotos da artista e fotógrafa coreana Jeong Mee Yoon, podemos observar a cor rosa relacionada às meninas e o azul com os meninos, brinquedos para meninas e brinquedos para meninos, modelos decomportamento adotados culturalmente para distinguir meninos das meninas.
A fotoetnografia um estudo da antropologia visual, utiliza a imagem para representar o grupo em estudo, possui caráter históricoe científico, permite através da análise e a interpretação, registrar os costumes, etnias e comportamentos, onde o pesquisador consiga captar o perfil etnológico do grupo estudado. Como exemplo, asfotos da coreana Jeong Mee Yoon, onde retrata a divisão de gêneros, através das cores (rosa meninas e azul meninos) e dos brinquedos, sendo vistos pela sociedade como modelos de comportamentoadequados. Embora meninos e meninas sejam diferentes, são crianças e como tal deveriam brincar juntos, aprender desde cedo o convívio harmônico e o respeito com as “diferenças”. O menino que brinca de bonecacom a menina ou a menina que brinca de carrinho com o menino não influencia a escolha sexual de ambos, pois a sexualidade é definida no decorrer de vivência e experiência sexual de cada um.
Aindústria de brinquedos contribui com este tipo de modelo equivocado, que separa os meninos das meninas, bonecas para meninas, carrinhos, futebol, videogame, enfim tudo que possa estimular as potencialidadesfísicas e o raciocínio para meninos, preparando-os para o convívio público. No caso das meninas com suas bonecas, casinhas, são estimuladas para cuidados do lar, as bonecas utilizadas para desenvolvero lado maternal, protetor, natural na maioria das mulheres. Esse tipo de comportamento diferenciado com meninas e meninos poderá influenciar nas escolhas profissionais. Geralmente as mulherestrabalham em profissões que requerem organização, como: babás, domésticas, secretárias, professoras, enfermeiras, etc. Apesar do aumento do número de mulheres no mercado de trabalho, ainda são vítimas de...
tracking img