Forum

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1935 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
22/02/2013

“O processo de planejamento, implementação e controle eficiente e eficaz do trânsito de matérias-primas, estoques de produtos semimanufaturados e acabados, bem como o fluxo de informações a eles relativas, desde a origem até o consumo, com o propósito de

Aula 02

atender aos requisitos dos clientes, atendendo às necessidades da cadeia de suprimentos integrada.”
(CONCIL OFSUPPLY CHAIN MANAGEMENT PROFESSIONALS, 2005, APUD HARA, 2005, p. 19)

Gestão de Estoques

Prof° Marcos Sobral Universidade de Guarulhos

Gestão de Estoques

Prof° Marcos Sobral Universidade de Guarulhos

A integração dos processos de negócio, partindo dos fornecedores originais que proporcionam os produtos, os serviços e as informações, até o cliente final, a fim de agregar valor para esteúltimo. (INTERNATIONAL CENTER OF COMPETITIVE EXCELLENCE, 1990, APUD HARA, 2005, p. 20)

A logística enfoca suas atividades do ponto de vista de uma empresa individual, ao passo que o foco da cadeia de suprimentos é geral, englobando todos os elos da cadeia, desde os fornecedores de matérias-primas, passando pelos centros de manufatura aos canais de distribuição (atacado, varejo, intermediários),chegando ao consumidor final,

Conjunto de processos requeridos para obter materiais, agregarlhes valor de acordo com a concepção dos clientes e consumidores e disponibilizar os produtos para o lugar (onde) e para a data (quando) que os clientes e consumidores os desejarem. (BERTAGLIA, 2006)

ressaltadas as questões de relacionamento e de alianças estratégicas entre diferentes elos da cadeia,até mesmo entre concorrentes, em busca de agregação de valor até o cliente final. (HARA, 2005, p. 19)

Gestão de Estoques

Prof° Marcos Sobral Universidade de Guarulhos

Gestão de Estoques

Prof° Marcos Sobral Universidade de Guarulhos

1

22/02/2013

PRINCIPAIS MACROPROCESSOS LOGÍSTICOS

Fontes de diferencial competitivo significativo e duradouro segundo Christopher* • Vantagem deCUSTO • Vantagem de VALOR

SUPRIMENTOS FORNECEDOR OP ERAÇÕES T R ANSPORTADOR DISTRIBUIÇÃO FÍSICA

FÁBRICA

DISTRIBUIDOR

* CHRISTOPHER, Martin. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos – estratégia para a redução de custos e melhoria dos serviços. São Paulo: Editora Pioneira, 1997
LOG ÍSTICA R EVERSA

VAREJO CONSUMIDOR

Gestão de Estoques

Prof° Marcos Sobral Universidadede Guarulhos

Gestão de Estoques

PARÂMETROS DE COMPETITIVIDADE
INPUTS

Exigências ao Sistema Logístico
AMBIENTE

ECONÔMICAS
SISTEMA PRODUTIVO

SOCIAIS POLÍTICAS

ECOLÓGICAS SANITÁRIAS

SISTEMA
LOGÍSTICO

RELIGIOSAS

QUANTIDADE VARIEDADE

OUTPUTS

PREÇOS

PRAZO QUALIDADE

FINANCEIRAS JURÍDICAS TÉCNICOTÉCNICOORGANIZACIONAL

Gestão de Estoques

Prof° Marcos SobralUniversidade de Guarulhos

2

22/02/2013

materiais: 1 . Administração de materiais:
Que é o conjunto de operações associadas ao fluxo de materiais e informações, desde a fonte de matériafábrica; matéria-prima até a entrada na fábrica; em produção”; resumo é “disponibilizar para produção”; sendo que participam Suprimentos, desta área os setores de : Armazenagem e

2. Movimentação deMateriais: Transporte eficiente de produtos acabados do final de linha de produção sendo que até o

atacadista/distribuidor;

fazem

parte o PCP (Planejamento e Controle da Produção), Embalagem. Estocagem em processo e

Transportes,

Planejamento e Controle de Estoques.
Gestão de Estoques
Prof° Marcos Sobral Universidade de Guarulhos

Gestão de Estoques

Prof° Marcos SobralUniversidade de Guarulhos

Enfoque Funcional
física: 3 . Distribuição física:

SUPRIMENTO

transferência dos bens (produto) desde o local de sua produção até o local designado no destino e no fluxo de informação associado, devendo garantir que os bens cheguem ao destino em boas, oportunamente e a preços competitivos; em resumo é “tirar da produção e fazer chegar ao cliente”. dos Participam Recursos...
tracking img