Forragicultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Forragicultura: E a ciência que trata das plantas forrageiras
Plantas forrageiras: São plantas geralmente, gramíneas ou leguminosas usadas como fonte de alimentos para os animais.
Pastagens: podem ser áreas de vegetação nativas ou implantadas, que são utilizadas para o pastoreio dos animais, podendo ser naturais não houve alteração na vegetação e caso contrario são espécies de cultivaresadaptadas com bom rendimento introduzidas pelo homem.
Problemas forragicultura: São cultivadas em áreas menos férteis, são implantadas sem adubação de implantação e manutenção, superpastejo e subpastejo, espécies pouco adaptadas ao clima e solo, aumentando a degradação de áreas com pastagens.
Histórico da forragicultura no brasil: os europeus tinham animais aqui somente para força e trabalho, paramovimentar os engenhos, para cultivo e transporte da cana de açúcar, com isso teve inicio ao cultivo de pastagens, para melhorar mais a saúde dos animais de trabalho e posteriormente, para produzir carne, leite e lã. Década de 30 e 40 se intensificou as pastagens.
B. Brizantha cv. Marandu e o Andropogon gayanus teve grande aceitação pelos produtores e o Marandu por ser resistente as cigarrinhas daspastagens
Relvado: população de plantas herbáceas, caracterizada por um hábito de
crescimento relativamente baixo, e uma cobertura do solo relativamente uniforme, incluindo
tanto a parte aérea como órgãos subterrâneos.
Pastagem: um tipo de unidade de manejo de pastejo, fechada e separada de
outras áreas por cerca ou outra barreira, e destinada à produção de forragem para ser
colhidaprincipalmente por pastejo.
Piquete: área de pastejo correspondente a uma subdivisão de uma unidade de
manejo de pastejo (e.g., uma pastagem), fechada e separada de outras áreas por cerca ou
outra barreira.
Forragem: partes comestíveis das plantas, exceto os grãos, que podem servir na
alimentação dos animais em pastejo, ou colhidas e fornecidas.
Massa de forragem: quantidade - massa ou peso seco -total de forragem
presente por unidade de área acima do nível do solo (preferencialmente, mas não
obrigatoriamente). Medida de caráter pontual, normalmente expressa em kg MS/ha.
Acúmulo de forragem: aumento na massa de forragem de uma área de pastagem durante um determinado período de tempo.
Pressão de pastejo: Relação entre KG de peso vivo animal e Kg de massa de forragem.
Taxa de lotação:relação entre o número de animais ou de unidades animais (UA) e a área da unidade de manejo por eles ocupado, durante um período específico de tempo (uma estação de pastejo, um verão, etc.).
Lotação rotacionada: método de pastejo que utiliza subdivisão de uma área de pastagem em dois ou mais piquetes que são submetidos a períodos controlados de pastejo (ocupação) e descanso.
Capacidade desuporte: é a máxima taxa de lotação que proporciona um determinado nível de desempenho animal, dentro de um método de pastejo, e que pode ser aplicada por determinado período de tempo sem causar a deterioração do ecossistema.
Lotação contínua: método de pastejo onde os animais têm acesso irrestrito a toda a área pastejada, sem subdivisão em piquetes e alternância de períodos de pastejo com períodos dedescanso.
MORFOLOGIA DOS ORGÃOS VEGETATIVOS: Sistema radicular Gramineas: Fasciculado, se formam na base dos nós inferiores, podem se formar na região dos nós de caules decumbentes em contato com solo, podem ser encontradas em nós aéreos dos caule( milho).
Caules Gramineas: As gramíneas forrageiras possuem caules aéreos denominados colmos, podendo na mesma planta ocorrer caules do tipo estolão eos caules subterrrâneos do tipo rizoma.
Colmo Gramineas: O colmo ou caule aéreo das gramíneas que constituem os pastos é, em geral, cilíndrico, delgado, dividido por nós. Os entrenós são curtos na base do colmo e se tornam mais compridos, da parte central para as terminais, O último suporta a inflorescência. Em cada nó há uma folha, em ordem alternada.
Estolões: Os estolões são eixos...
tracking img