Formas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2628 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fôrmas
Dez opções para moldar concreto
Preço e produtividade não são únicos critérios de escolha do sistema de fôrma: conta também número de
reutilizações, compatibilidade com escoramentos, peso e despesas extras por danos

As condições da obra devem pautar a
escolha das fôrmas. O edifício acima
exigia grandes seções e peças com
forma semicircular em um ponto da
estrutura
De tempos paracá, a necessidade de maior controle tecnológico dos materiais e a busca pela redução de
perdas e prazos fez com que a construção civil prestasse mais atenção às fôrmas e escoramentos, que em
obras prediais chegam a representar 45% dos custos da estrutura. Hoje, além das soluções tradicionais,
executadas in loco, o mercado oferece uma série de sistemas industrializados, em sua maioria baseadosem
tecnologia européia, e que empregam aço e alumínio para o arcabouço estrutural e compensado de madeira
e plástico. Escolher o sistema mais adequado é um desafio para o construtor, afinal as variáveis vão do
orçamento ao perfil da obra.
À especificação do sistema de fôrma estão atrelados, ainda, aspectos de projeto e de planejamento
incontáveis. A escolha do melhor modelo pode variar, porexemplo, em função do acabamento do concreto.
Se a opção for pelo concreto aparente, os painéis metálicos apresentam melhor desempenho, pois garantem
maior planicidade e oferecem maior garantia de nível e prumo. ?É importante que as construtoras tenham
consciência de que esses componentes são responsáveis pela geometria, acabamento e qualidade da
estrutura de concreto e, portanto, são peças deprecisão?, destaca o consultor e projetista de fôrmas
Eduardo Eiji Araki, da Ark Consultoria. ?Se forem bem utilizadas podem trazer muita economia e qualidade
para a obra.?
A análise de fatores técnicos, como a compatibilidade com o projeto estrutural, também é imprescindível. As
fôrmas metálicas têm como principal vantagem a maior precisão geométrica e, conseqüentemente, se
adaptam melhor apeças estruturais com dimensões uniformes. "Por essa razão, esses sistemas são mais
enrijecidos e exigem uma dose maior de planejamento. Enquanto isso, as soluções que empregam chapas
de madeira são mais flexíveis e permitem que se façam alguns ajustes em obra", acredita o arquiteto
Salvador Benevides, diretor da Projeto Engenharia e membro do Comitê de Tecnologia e Qualidade do
SindusCon-SP.A utilização de cabaças plásticas, por sua vez, não se justifica em lajes não-ortogonais e de
vãos reduzidos. "O plástico diminui a rigidez da peça, porém exige uniformidade de medidas", explica o
calculista Sérgio Vieira.
Assim, deve ser observada a existência de interferências como desníveis entre áreas, divisões de cômodos,
shafts, alturas e larguras das janelas. Da mesma maneira deve serconsiderada a existência de embutidos
(tubulações, ferros de espera, pinos, tirantes) que exigem a abertura de orifícios na fôrma.
Segundo explica o engenheiro Marcelo Correa, diretor técnico da SH Fôrmas, essas interferências
comprometem, e muito, o desempenho do sistema, sobretudo do ponto de vista econômico. A existência de
vigas a mais, utilizadas para o enrijecimento da estrutura, combaterdeformações lentas e até mesmo para
facilitar o acabamento sobre as esquadrias, chega a representar 30% de todo o gasto efetuado com fôrmas
em uma obra. "Pilares que recebem vigas exigem uma fôrma convencional e, por isso, precisam de cinco
vezes mais mão-de-obra, em função das bocas que são abertas em cada uso", conta. "Os sistemas de lajes
também têm seu uso prejudicado pela interferênciade vigas, pois em cada encontro de viga e laje é
necessário um arremate." Ainda de acordo com o engenheiro, a produtividade dos sistemas de fôrmas de

lajes em obras totalmente planas chega a ser o dobro do que em lajes com viga de bordo e o quádruplo em
obras reticuladas com vigas.
Quanto aos escoramentos, a principal interferência diz respeito à base de apoio. Em alguns casos o terreno...
tracking img