Formas simbólicas e espaço

Páginas: 18 (4315 palavras) Publicado: 21 de novembro de 2011
ALGUMAS CONSIDERAÇÓES
R O B E R T O L O B A T O CORRÊA
Universidade Federal d o R i o d e J a n e i r o

O presente texto procura apresentar algumas reflexões e exemplos a respeito das formas simbólicas, privilegiando a dimensão espacial que muitas delas apresentam. Trata-se de dar visibilidade a um importante aspecto da espacialidade da ação humana, que é marcada não apenas por umaperspectiva econômica, mas também por um simbolismo que marca e influencia as demais dimensões dessa espacialidade. Este texto insere-se na perspectiva da geografia cultural que emerge a partir da metade da década de 1970, incorporando de modo crítico a tradição precedente, assim como outras tradições, o marxismo, as filosofias dos significados e as humanidades. Apresentaremos, primeiramente, um breveresumo sobre as formas simbólicas e sua espacialidade e em segundo lugar alguns exemplos, visando evidenciar a importância da temática em questão para a geografia.
Formas Simbólicas e Significados

As formas simbólicas são representações da realidade, resultantes d o complexo processo pelo q u a l o s significados s ã o produzidos e comunicados entre pessoas d e um mesmo grupo cultural, conformeaponta Hall (1997). As formas simbólicas, materiais ou não, constituem signos construídos a partir da relação entre formas, os significantes, e os conceitos, os significados. As formas simbólicas, no entanto, são sujeitas a interpretações distintas, caracterizando-se por uma instabilidade d e significados, por uma polivocalidade. Há, segundo Hall (1997), três
' Trabalho apresentado na AulaInaugural do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFF-Niterói, em 19.03.2007.

GEOgraphia - Ano IX - No 17 - 2007

Roberto Lobato Corrêa

grandes correntes que definem a natureza da interpretação dos signos. A m a i s i m p o r t a n t e para o s p r o p ó s i t o s d e s t e t r a b a l h o é a c o r r e n t e construcionista que considera que os significados são construídos a partir dasexperiências daqueles que interpretam as formas simbólicas. Esta corrente, originária com o lingüista Saussure, nega a corrente reflexiva, na qual as formas simbólicas já são portadoras de.um dado significado. Nega também a corrente intencionalista, na qual as formas simbólicas expressam apenas as intenções daqueles que as conceberam. Na corrente reflexiva a interpretação é obtida diretamente daforma simbólica, enquanto que para a corrente centrada na intencionalidade é suficiente decodificar as intenções de seus autores. De acordo com a corrente construcionista, as formas simbólicas são marcadas pela instabilidade de significados, pela polivocalidade. Em "Iconografia e Iconologia: Uma Introdução ao Estudo da Arte na Renascença", Panofsky (2004) oferece um quadro de referência para ainterpretação de formas simbólicas. Este não é o único quadro de referência, mas parece consistente com a idéia da instabilidade das interpretações sobre formas simbólicas espaciais, tendo sido já objeto de interesse, entre outros geógrafos, por Daniels e Cosgrove (1988) e Eyles e Peace (1990), os primeiros com uma coletânea de artigos e os outros dois com um estudo sobre signos e símbolos na cidadecanadense de Hamilton. A iconografia, segundo Panofsky, estuda os significados das obras de arte, que são construídos em três níveis. No primeiro verifica-se a identificação das formas puras, que são reconhecidas como portadoras de significados primários ou naturais. No segundo nível produzem-se significados secundários ou convencionais. Articulam-se motivos artísticos e suas combinações com temas econceitos. Estabelecem-se imagens, estórias e alegorias. Este nível é denominado de iconográfico. O terceiro nível, finalmente, produz um significado profundo, intrínseco, no qual a forma é associada aos princípios "que revelam a atitude básica de uma nação, de um período, classe social, crença religiosa ou filosófica" (PANOFSKY, 2004:52). Esse nível corresponde ao que Panofsky denomina...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O que é espaço e forma
  • Espaço e forma
  • Forma e Espaço
  • Espaço e forma
  • Espaço e forma
  • Espaço e forma
  • Religiosidade: formas simbólicas de compreensão do mundo
  • Plano de aula espaço e forma

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!