Formação continuada de professores: reflexões e práticas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 44 (10989 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS
UNIDADE DE HUMANAS
PEDAGOGIA








DEISE COSTA MARTINS










FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES:
Reflexões e práticas















São Leopoldo – RS
2006


DEISE COSTA MARTINS












FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES:
Reflexões e práticasTrabalho de Conclusão de Curso apresentado ao curso de Pedagogia como requisito parcial para a obtenção do título de Pedagoga, sob a orientação da Profª. Regina Urmersbach


















São Leopoldo - RS
Junho -2006



AGRADECIMENTOS




















Agradeço a Deus pela vida.
Aos meus pais, marido e filhos pelo incentivo e paciência.
Àminha orientadora, profª Regina Urmersbach,
pela dedicação e pelo aprendizado que me proporcionou.
A todas aquelas pessoas que, de uma forma ou outra, contribuíram para que a realização deste trabalho fosse possível.
Muito Obrigada!





















DEDICATÓRIA

















Dedico este trabalho ao meu marido Almedi, aos meus filhos Matheus eGabriela, pelos vários finais de semana que compartilharam comigo a angústia de escrever cada parágrafo deste trabalho.


































A educação tem sentido porque mulheres e homens aprenderam que é aprendendo que se fazem e se refazem, porque mulheres e homens se puderam assumir como seres capazes de saber, de saber que sabem, de saber que nãosabem. De saber melhor o que já sabem, de saber o que ainda não sabem.
Paulo Freire




























RESUMO



Este trabalho trata da formação continuada dos professores das séries iniciais do Ensino Fundamental, considerando sua relevância na atual discussão da melhoria da qualidade de ensino; a sua importância em uma sociedade que sofre mudanças de formaacelerada, dificultando a compreensão do saber produzido; o espaço escolar como elemento da formação do professor, pela sua complexidade, suas relações, além de sublinhar o valor do coordenador/ supervisor escolar como um incentivador de mudanças na prática pedagógica; a reflexão como instrumento de formação e construção de conhecimento, que deve estar sempre olhando para o contexto em que estásendo elaborado. Busca trazer elementos para o debate da formação continuada, bem como estimular propostas de formação permanente a partir da prática docente e da reflexão crítica dos mesmos, superando a dependência profissional.
Palavras-chave: formação continuada – reflexão – escola - profissionalização docente.





















SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO 7
2 ORIGEM DOESTUDO 11
3 FORMAÇÃO CONTINUADA E A LEGISLAÇÃO 13
4 A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES 18
4.1 A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO CONTINUADA 19
4.2 A ESCOLA COMO ESPAÇO FORMADOR 25
4.3 A REFLEXÃO COMO FERRAMENTA DE FORMAÇÃO 30
5 CONCLUSÃO 34
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 36
ANEXOS 39
1.INTRODUÇÃO

A natureza deste trabalho refere-se à atual discussão da formação continuada e/ou permanente deprofessores.

Seja para cumprir o que está disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - 9394/96, ou para realmente qualificar o corpo docente, a fim de melhorar o ensino que é dado em nossas escolas, a formação permanente é uma realidade que exige dos professores um olhar crítico e, ao mesmo tempo aberto, para apropriarem-se de novas teorias, para discutirem e construírem suaspróprias teorias, articulando-as com a sua prática.

É certo, no entanto, que algumas iniciativas sejam tímidas, ou outras ainda sejam aprendizagens de técnicas, mas também há propostas que realmente valorizam o professor e sua prática, como bem diz Nóvoa (1995a):

A adesão pela moda é a pior maneira de enfrentar os debates educativos, porque representa uma “fuga para frente”,...
tracking img