Forks over knives

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE QUIMÍCA
A alimentação é fator primordial na rotina diária da humanidade, não apenas por ser necessidade básica, mas principalmente porque a sua obtenção tornou-se um problema de saúde pública, uma vez que o excesso ou falta podem causar doenças.

O Documentário Forks over Knives aborda um dos grandes problemas da sociedade moderna: os graves problemas de saúde que afetam partesignificativa da população causados por um cardápio de alimentos de origem animal. O documentário mostra em 1958 nos EUA foram registrados 14.000 casos de câncer de próstata e que no Japão, que tinha a metade da população estadunidense, foram registrados apenas 18 casos.
Se você acha que o câncer e a diabetes só podem ser tratadas através de medicamentos, você precisa ver esse documentário. Ele nãose trata de achismos ou doutrinas, muito pelo contrário: pesquisas extensas e dados coletados pelos 4 cantos do mundo com as mais variadas etnias, por vários anos mostram que doenças coronárias, diabetes, câncer podem ser evitadas e até mesmo revertidas através de uma alimentação saudável.

Apesar da mais avançada tecnologia médica no mundo, nós estamos mais doentes do que nunca. Os casos dediabetes estão aumentando, sobretudo entre a nossa população mais jovem. Cerca de 50% da população toma, ao menos, um remédio receitado e as cirurgias de grande porte viraram rotina. Doença cardíaca, câncer e AVC são as três principais causas de morte no país, mesmo gastando-se bilhões anualmente para combatê-las.
Milhões sofrem de uma série de outras doenças degenerativas.

A segurança dosalimentos tem sido um tema central de discussão e pesquisa nas últimas décadas. Os avanços alcançados na produção animal, no abate, processamento, distribuição e comercialização inicialmente pareciam ter sido capazes de prevenir a transmissão de microrganismos por alimentos de origem animal. Entretanto, ao longo do tempo, novos agentes patogênicos, denominados de emergentes, bem como algunsmicrorganismos já conhecidos têm causado, em escala crescente, casos esporádicos ou surtos de doenças transmitidas por alimentos.

As mais desejadas carnes vermelhas são bem conhecidas por serem alguns dos alimentos de mais difícil digestão, Para conseguir digeri-las, o estômago precisa de quase o dobro de ácido que ele usa para digerir a mesma quantidade de pão, por exemplo. Dependendo do metabolismo,uma pessoa pode levar até quatro horas para digerir um bife médio.

É preciso tomar muito cuidado com os excesso, pois o consumo de muita carne faz mal à saúde. Os riscos estão ligados principalmente à mortalidade precoce por câncer ou doença cardíaca. Além disso, indivíduos que comem carne vermelha diariamente tendem mais a sofrer de obesidade, diabetes, hipertensão arterial e níveis decolesterol elevados. Se você se considera um carnívoro tem que procurar um médico para verificar a sua saúde principalmente o seu colesterol.

A carne vermelha tem sido considerada a grande vilã quando se fala na causa de uma série de doenças, incluindo o câncer, e por isso é cada vez mais comum encontrar pessoas que decidiram abolir esse alimento de seu cardápio.

Quem opta por não se alimentar decarne vermelha ou de aves e peixes precisa compensar essa restrição com grandes quantidades de leguminosas, como feijões, cereais, quiabo, ervilha ou beterraba.

O excesso de carne podem ser uma das causas de diversas doenças, entre elas o câncer e principalmente o câncer colorretal. No caso do câncer de mama, estudos mostram que o estrogênio utilizado em grande quantidade na criação de gado e avestende a aumentar o risco de surgimento da doença. “Para reduzir esses riscos, o segredo é ter uma dieta balanceada constantemente, cuidado que deve ser tomado tanto na prevenção como após o diagnóstico e durante o tratamento de um câncer”.

Uma pesquisa financiada pelo Instituto Nacional do Câncer e publicada no Archives of Internal Medicine dos Estados Unidos, analisou dados de 500 mil...
tracking img