Ford motor company

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Maringá
Informática

Trabalho de Fundamentos da Tecnologia
da Informática

03 de Maio de 2012
Maringá-Pr
Vinicius Schuelter Moraes de Andrade 80389
Gabriel Martinelli 79335
Primo Luigi 78161

Trabalho sobre a produtora de automóveis
Ford Motor Company

Trabalho apresentado em cumprimento
Das exigências da disciplina Fundamentos
Da Tecnologia daInformática, para obtenção.
Da 1º nota do semestre.

03 de Maio de 2012
Maringá-Pr
Introdução
O trabalho é sobre uma grande fabricante de automóveis, a Ford Motor Company, fundada em 1903 por Henry Ford. Essa grande Montadora passou por uma crise automobilística e esteve à beira da falência, mas usando estratégias competitivas conseguiu dar a volta por cima, e assim, atingiu o primeirolugar em vendas nos Estados Unidos da América.

A Empresa

Ford Motor Company é uma produtora de automóveis estadunidense, uma das maiores do mundo, fundada em 1903 por Henry Ford. A Ford é uma Empresa multinacional de capital aberto, com mais de 213.000 funcionários no mundo é uma das gigantes do setor automotivo. Sua sede fica em Dearborn , subúrbio de Detroit, no estadode Michigan nos Estados Unidos.

A Crise
A crise no Oriente Médio e a especulação com os preços do óleo cru no mercado de futuros fizeram os utilitários esportivos mais vendidos no mercado norte-americano se transformar em um investimento antieconômico para seus proprietários, porque eles gastam muito mais combustível do que um carro normal. A Ford investia 70% da sua linha de produção em utilitários esportivos epicapes.
E em 2008 nos Estados Unidos os fabricantes de automóveis como a Ford, foram encurralados pelo desastroso mercado imobiliário, onde os imóveis estavam sofrendo uma grande queda nos preços e, acima de tudo, pelo crescente preço dos combustíveis, convencendo muitos a adiar a compra de um carro novo, por um imóvel.

Escapando do precipício
Após a quase falência, amontadora chega ao primeiro lugar no ranking de vendas nos Estados Unidos, a Ford deu uma guinada que poucos analistas previam. Foram três anos entre os maiores prejuízos da companhia, de US$ 12,6 bilhões em 2006 e US$ 14,7 bilhões em 2008, para um lucro de US$ 2,7 bilhões no ano passado, quando a maioria das montadoras perdeu dinheiro.
Em fevereiro, a marca liderou a lista das maiores vendasnos EUA, à frente da GM e da Toyota, situação que não ocorria há 80 anos, com uma exceção em 1998. Mesmo que a liderança não seja mantida, a Ford mostrou que sua virada é consistente.
O vice-presidente de marketing global para as operações da Ford no Canadá, México e América do Sul, Jim Farley, desconversa quando questionado sobre a manutenção do posto de número um. "Não estamospreocupados com listas. Estamos trabalhando para conseguir um crescimento rentável. Se isso ocorrer e vier a nos colocar como líder, tanto melhor", afirma ele.
Para chegar à posição atual, a Ford passou por ampla reestruturação iniciada em 2006, com fechamento de fábricas e demissões em massa. Ao ver o preço do petróleo disparar, mudou o mix de produtos, com aumento da produção de automóveis emsubstituição aos utilitários e picapes. Outra medida foi a decisão, por parte do então recém- empossado presidente Alan Mulally, de recorrer a um empréstimo de US$ 23 bilhões antes da turbulência que se abateu sobre o mercado financeiro. Na época, a atitude foi vista como um passaporte à falência. No ano passado, porém, enquanto GM e Chrysler recorreram ao governo americano, a Ford dispensou ajuda eescapou da concordata que manchou as duas concorrentes.
Alan Roger Mulally, o atual presidente da montadora diz que "teve inspiração fundamental ao fazer o empréstimo e investir em novos produtos", avalia Luiz Carlos Mello, do Centro de Estudos Automotivos (CEA). Com isso, a empresa estava mais bem preparada para a crise que se aprofundou em 2008 e 2009, derrubando as vendas nos EUA...
tracking img