Fonemas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1773 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fonema
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em linguística, um fonema é a menor unidade sonora (fonética) de uma língua que estabelece contraste de significado para diferenciar palavras. Por exemplo, a diferença entre as palavras PRATO e TRATO, quando faladas, está apenas no primeiro fonema: /P/na primeira e /t/na segunda.

O fonema não pode ser confundido comletra. Enquanto o fonema é o som em si mesmo, a letra é a representação gráfica desse som. É bastante comum que um mesmo fonema seja representado por diferentes letras, como o caso do fonema /z/ que no português pode ser representado pelas letras S (CASA), Z (ZERO) ou X (EXAME). Também acontece de uma mesma letra representar mais de um fonema, isso acontece por exemplo, com a letra X que noportuguês pode ter o som (fonema) de /z/ (EXEMPLO), /chê/ (ENXAME), /s/ (APROXIMAR) e /ks/ (FIXO).

Obs.: na escrita os fonemas devem sempre ser representados entre barras. Isto é o que os distingue das letras. Ao se escrever uma letra sem barras, está se referindo a letra em si mesmo, e não ao fonema.

Nem sempre há coincidência entre o número de letras e o número de fonemas em uma palavra. Exemplos:TAXI - letras T A X I = 4 fonemas /t/ /a/ /k/ /s/ /i/ = 5 MANHÃ - letras M A N H Ã = 4 fonemas /m/ /a/ /nh/ /a/

Algumas letras, em determinadas palavras, não represEntam fonemas. Por exemplo o N e o M nas palavras "VENDO" e "BOMBA" não representam um som isolado, mas servem para indicar a nasalização da letra que lhes precede.

Algumas palavras são escritas com letras que não possuem qualquer som,eportanto não representam nenhum fonema, como o caso do H em palavras como "HARMONIA" ou "HOJE", s em palavras como "NASCER" ou "DISCÍPULO" ou u nos grupos gu e qu seguidos de e ou i, em palavras como "GUERRA" e "QUERO" e o x em palavras como "EXCEÇÃO" ou "EXCEDER". Essas letras são conservadas na escrita, embora não apareçam na oralidade por razões etimológicas.

Alofone: é as várias possibilidadede pronúncia de um mesmo fonena. Exemplo: o fonema final /l/ da palavra "SOL" pode ser pronunciado como /l/, /w/ ou /r/. Isto ocorre por causa de diferenças regionais, sociais ou individuais.



Índice

1 Classificação dos Fonemas
1.1 Vogais
1.1.1 Quanto à intensidade
1.1.2 Quanto ao timbre
1.1.3 Quanto ao modo de articulação
1.1.4Quanto ao ponto de articulação
1.2 Semivogais
1.3 Consoantes
1.3.1 Quanto ao papel das cordas vocais
1.3.2 Quanto ao modo de articulação
1.3.3 Quanto ao ponto de articulação
2 Referências

Classificação dos Fonemas

Os fonemas são classificados em vogais, semivogais e consoantes;
Vogais

Vogal é o fonema produzido pelo ar que, expelido dospulmões, faz vibrar as cordas vocais e não encontra nenhum obstáculo na sua passagem pelo aparelho fonador. Classificam-se em:
Quanto à intensidade

Vogal tônica: é a vogal onde se encontra o acento principal da palavra.
Vogal subtônica: é a vogal onde se encontra o acento secundário da palavra.
Vogal átona: é uma vogal onde não existe qualquer acento da palavra.

Exemplo: Na palavraautomaticamente, o primeiro "a" é a vogal tônica, o segundo "a" é a vogal subtônica, e as demais vogais são átonas.


Nota 1: Em alguns idiomas como o chinês não existe o conceito de intensidade da vogal. Em seu lugar, existe o conceito de tom, em que as sílabas são distinguidas pela maneira como são entonadas. Em português, o conceito de "tom" existe quando se diferencia uma pergunta de uma afirmação(ex.: "o açúcar é branco."; "o açúcar é branco?") ou em uma frase exclamativa: "(ex.: "como o açúcar é branco!"). Então percebemos que realmente o açúcar é branco, porque isso é uma parte dos fonemas.


Nota 2: Em nenhuma palavra de até três sílabas existem vogais subtônicas em português. E em algumas preposições, artigos, pronomes e conjunções com uma ou duas sílabas (ex.: por, em, para, um, o,...
tracking img