Folkmarketin

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal da Paraíba.
Aluno: Marcos Paulo Barbosa Taveira Mat. 11213968
Professor: Severino Alves de Lucena Filho
Comunicação organizacional.



Festas juninas em Portugal
Marcas culturais no contexto do folkmarketing

A partir do novo cenário da contemporaneidade, várias transformações surgem nos mercados internacionais, nacionais, regionais e locais. Nesse contexto, surgemos estudos sobre as festas populares, no caso especifico a festa junina no nordeste do Brasil e a festa dos santos populares em Portugal, eventos nos quais as empresas públicas e privadas atuam.
O olhar do pesquisador: Severino A. Lucena Filho, somado às vivências e participação nas festas juninas, desencadeou um relevante problema de investigação: analisa e compreender a festa junina no Brasil eem Portugal. Brasil e Portugal são países festivos. Através das festas é possível conhecer o individual e o coletivo de uma sociedade, seus anseios, necessidades, desejos, e sua história.
O leitor percebe o quão as festas juninas, ao redor do mundo, sofreram transformações. Inicialmente possuíam um caráter religioso, onde a igreja mantinha o comando sobre o ritual e seu espaço físico. Nopercurso dessa escritura somos apresentados a algumas questões e suas consequentes respostas, movedoras da tese de pós-doutorado do autor.
As festas juninas, em seu percurso histórico, seja no Brasil ou em Portugal, saíram da ordem pré-estabelecida, quando de sua institucionalização, e enveredaram por caminhos diversos, metaforicamente um doce de fios de ovos, tecidas por elementos culturais,mercadológicas, religiosos.
Nesse contexto, buscamos captar no universo simbólico das manifestações dos santos populares significâncias de cunho mercadológico e institucional, geradas na diversificada cultural portuguesa e que são apropriadas pelas organizações públicas e privadas na edificação de seus discursos organizacionais junto aos seus públicos.
As festas podem apresentar variadas formas em funçãodas épocas e das culturas onde se constituem. São portadoras de valores significativos, tais como a alegria do convívio, de rever os amigos e parentes, de entender-se, de alimentar sonhos e de propiciar sentidos a vida das comunidades, por meio do seu variado universo simbólico. É nesse sentido que entendemos nesta investigação, a festa junina como um dos eventos reveladores das dimensões econteúdo dos valores culturais, político, econômicos e turísticos da região nordeste do Brasil.
Toda a festa, qualquer que seja, ocorre num determinado lugar: na praça, na rua, na vila, na escola, no templo, na sala da casa, no terreiro, no campo, no parque ou em outros lócus. Trata-se de locais, nos quais diferentes enunciadores e receptores desenvolvem suas funções construindo e reconstruído múltiplossentidos.
No período colonial, as festas serviram como forma de ação, tanto para catequizar os índios brasileiros quanto para tornar suportável, aos colonizadores, o conquistador deparou-se com a natureza, clima, plantas, animais, povo e costumes completamente diferentes do costume europeu. Assim, a festa constituiu-se em uma forma de linguagem por meio das quais culturas diferentes podiam secomunicar. Desde sua origem, as festas populares apresentam mediações entre o sagrado e o profano, vivenciadas nos rituais religiosos peculiares a cada celebração e nas manifestações profanas presentes nos cantos e nas danças.
A palavra comunicação tem sua origem no latim communicare, que significa tornar comum, compartilhar, trocar, comungar, buscar, entendimento, partilhar, transmitir estímulos,intercambiar ideias, sentimentos, informações e significados.
A comunicação acontece no momento em que ocorre o processo de permuta ou de transação entre os atores sócias e o ambiente onde eles atuam.
Para Melo (1970, p.31-32), são três os fluxos interdependentes geradores do processo comunicacional organicamente estruturado.
a- A festa como ativadora das relações humanas, produzindo...
tracking img