Fogo morto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fogo Morto é uma obra-prima de José Lins do Rego, livro que mostra com linguagem forte e poética a decadência dos engenhos de cana-de-açúcar. Fogo Morto faz parte da 2ª fase do modernisno.Publicado em 1943, Fogo Morto é a última obra do mais expressivo dos ciclos de José Lins do Rego: o da cana-de-açúcar. Apesar de marcar o término da série, com a decadência dos senhores de engenho, o romancetambém assinala seu auge, seu momento de superação, constituindo uma obra-prima da literatura regionalista, de caráter neo-realista.Fogo morto é a denominação dada a um engenho que já não mói mais.O romance, narrado em terceira pessoa, é dividido em três partes. Cada uma conta com seu próprio protagonista, como se fossem três histórias distintas e sucessivas. Os três protagonistas, conforme atestaBosi, "são expressões maduras dos conflitos humanos de um Nordeste decadente".Os personagens principais se interrelacionam durante toda a narrativa. Estes são:Mestre José Amaro;coronel Lula de Holanda.Capitão Vitorino (que é considerado o personagem mais bem construído da literatura brasileira);Cada uma das personagens principais representa, na verdade, uma classe social da população nordestina. Astrês personagens centrais estão envolvidas no cenário de miséria, doenças, e por uma politicagem e prepotência policial que defendem as minorias fortes e, como saída, o cangaço. A Narrativa esta quase inteiramente ambientada no Engenho Santa Fé.

Primeira parte
Centra-se na casa, à beira da estrada no engenho Santa Fé. Na primeira parte, o mestre José Amaro, seleiro orgulhoso e conservador,espalha rancor à sua volta. Recusa-se a ser dominado por qualquer um, só trabalha para quem escolhe e admira o cangaceiro Antônio Silvino. Temido pelo povo da várzea por sua aparência horrível e pela raiva acumulada, ele surra a filha histérica com o intuito de curá-la, e também maltrata a esposa. Criou o costume de andar pela noite, por ter um caráter fechado e ranzinza vale-lhe e as pessoas tememencontrar com ele à noite foi apelidado como lobisomem. Sua filha marta tinha sua doença como um mistério José bate nela a fim de curá-la, mas tarde José resolveu interná-la. Lula o ordena que ele se retire de suas terras. O destino de José Amaro se decide apenas na terceira parte da obra. Sinhá e Marta o abandonam e o artesão percebe sua incapacidade de opor-se às classes dirigentes. Dirige entãoo seu temperamento violento contra si próprio e suicida-se com o mesmo instrumento que representava sua sobrevivência: a faca de cortar sola.

Segunda parte
Tomas Cabral de melo,homem de pulso, criou o engenho santa fé, aonde o engenho estava indo muito bem, já velho resolveu achar um genro, então surge o primo coronel Lula de Holanda que com a morte do sogro assume o engenho, tambémorgulhoso, não consegue fazer prosperar o engenho que recebera de herança. Autoritário, não permite que nenhum homem se aproxime da filha, que permanece melancólica e solteirona. Depois de sofrer um ataque de epilepsia na igreja, torna-se devoto. Gasta todo o dinheiro que lhe restou. Por fim, leva o engenho a fogo morto (propriedade que não produz mais).
Terceira parte

Capitão Vitorino “PAPA RABO” – ascrianças o chamavam assim para provoca-lo e ele se sentia muito mal com isso.Na terceira e última parte do romance predomina a ação. O capitão Antônio Silvino invade a cidade do Pilar, saqueia as casas e lojas. Invade o engenho Santa Fé, ameaça os moradores em busca do ouro escondido. Tentando defender o engenho, Vitorino é agredido e só a intervenção de José Paulino faz com que os cangaceirosdesistam.
Vitorino apanha também da polícia, José Amaro e seus companheiros são presos e agredidos. No final, após serem libertados, Vitorino e o mestre José Amaro seguem rumos diferentes. O primeiro pensa em influir politicamente na região. O segundo, abandonado pela mulher, com a filha louca e expulso de sua casa, acaba por cometer o suicídio, enquanto o cabriolé de Lula passa pela estrada e o...
tracking img