Fluido nao newtoniano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1160 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Análise do comportamento de fluídos não newtonianos

Análise do comportamento de fluidos não newtonianos
Augusto Passoni, Isadora Drovandi, Patrícia Costa, Ozéias Dias e Renan Santos Professor: Carlos Suetoshi Miyazawa Campus Santo André Resumo
Um fluido é uma substância que se deforma continuamente quando sujeito a ação de uma força. Ele pode ser um fluido cuja viscosidade é constante -fluidos newtonianos – ou variável – fluidos não newtonianos. Contudo, em especial aos fluidos não newtonianos do tipo dilatante – no caso, água e maisena em proporção 1:2 - apresentam propriedades interessantes e de certa complexidade, por exemplo, a resposta às deformações. É, portanto, que para mensurar tal reação, foram feitos testes de absorção de impacto sobre queda livre utilizando um sistemacomposto do fluido juntamente com um sensor frágil o suficiente para ponderarmos os resultados. Nesse caso, usou-se como sensor um ovo e como recipiente para o fluido não escoar, uma luva de silicone. Durante os testes, o sistema alcançou uma velocidade máxima de 40km/h e mesmo assim o ovo não quebrou. Basicamente, o experimento se basta da queda do sistema juntamente com a quebra ou não do ovo.Caso o ovo quebre, a altura de queda livre foi suficientemente alta, dando ao fluido muita energia para se dissipar . Com isso, provou-se que o comportamento de elementos de fácil acesso pode ser extremamente interessante.

INTRODUÇÃO
Um fluido é uma substância que se deforma continuamente quando sujeito à ação de uma força. Fluidos newtonianos são aquelas substâncias que seguem as leis de Newtonpossuindo uma taxa de deformação constante em relação a tensão (força por área) aplicada. Já os fluidos não newtonianos são aquelas substancias (liquidas ou gasosas) que desafiam as lei de Newton e os princípios de nossa lógica mais elementar. O físico e matemático Isaac Newton estabeleceu a existência de uma relação linear entre o esforço aplicado no fluido e a resposta desse a esta força, umfluido não newtoniano não tem um valor de viscosidade definido e constante, por isso sua surpreendente resposta ante aos estímulos externos.

comportamento de fluídos dilatantes perante tensões superficiais variadas.

METODOLOGIA
Parte A – Preparação do fluido não newtoniano. Os materiais necessários para a preparação do fluido são: Béquer de 500 ml; amido de milho; béquer com 100 ml de água;recipiente (vasilha); bastão de vidro. Usando como base um béquer de 500ml, separa-se 200ml de maisena e 100ml de água, junta-se as duas medidas em um recipiente e mistura-se vagarosamente para deixar a mistura homogênea. Parte B – Queda Livre. A fim de analisar a absorção de impacto, monta-se um sistema contendo o fluido não newtoniano, um referencial frágil o suficiente para graduar a absorção eum invólucro que seja maleável e resistente. Neste caso, usou-se: Ovo, fluido não newtoniano feito na parte A e luva de silicone grande. Amarraram-se os dedos da luva para que o sistema tivesse um formato mais homogêneo. Adicionou-se o fluido e o ovo dentro da luva. A intenção é simular um colete, pois quando o sistema for liberado na altura de teste, o ovo deverá cair juntamente com uma camada defluido ao seu redor.

OBJETIVO
Este projeto visa compreender o interessante e exótico comportamento dos chamados fluidos não newtonianos, em especial, do tipo dilatante, como por exemplo a mistura de amido de milho e água. Demonstrar experimentalmente as alterações sofridas pelo material quando sujeito a tensões ou pressões externas variadas e fornecer testes alternativos para melhorcompreensão de suas aplicações. Verificaremos, principalmente, o

IX Simpósio de Base Experimental das Ciências Naturais da Universidade Federal do ABC - 12 e 13 de agosto de 2011

Análise do comportamento de fluídos não newtonianos

Agora se varia a altura de queda do sistema a fim de obter a faixa de absorção de impacto referente a esse fluido. A seguir, na figura 1, pode-se melhor compreender...
tracking img