Florbela espanca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6797 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
http://cesslou.webs.com/poetasdosculoxx.htm
http://pt.scribd.com/doc/2411931/Trabalho-de-Portugues-sobre-poemas

FLORBELA ESPANCA

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços…

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca… o eco dos teus passos…
O teu riso de fonte… os teusabraços…
Os teus beijos… a tua mão na minha…

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca…
Quando os olhos se me cerram de desejo…
E os meus braços se estendem para ti…

Florbela Espanca - Charneca em Florhttp://www.notapositiva.com/pt/trbestbs/portugues/09_biografia_flobela_espanca.htm#vermais

Biografia

Filha de Antónia da Conceição Lobo e do republicano João Maria Espanca nasceu no dia 8 de Dezembro de 1894 em Vila Viçosa, no Alentejo. O seu pai herdou a profissão do sapateiro, mas passou a trabalhar como antiquário, negociante de cabedais, desenhista, pintor, fotógrafo e cinematografista. Foi um dos introdutores do "Vitascópio de Edison" em Portugal.[3]
O seu pai eracasado com Mariana do Carmo Toscano.[4] Embora sua esposa fosse estéril, João Maria teve filhos de um caso extraconjugal; e assim nasceram Florbela e, três anos depois, Apeles, ambos filhos de Antónia da Conceição Lobo, e registados como filhos ilegítimos de pai incógnito [5]. João Maria Espanca criou-os na sua casa, e, apesar de Mariana ter passado a ser madrinha de baptismo dos dois, João Mariasó reconheceu Florbela como a sua filha em cartório dezoito anos após a sua morte.[3]
Entre 1899 e 1908, Florbela frequentou a escola primária em Vila Viçosa.[5] Foi naquele tempo que passou a assinar os seus textos Flor d’Alma da Conceição.[6] As suas primeiras composições poéticas datam dos anos 1903 - 1904:[3] o poema "A Vida e a Morte", o soneto em redondilha maior em homenagem ao irmão Apeles,e um poema escrito por ocasião do aniversário do pai. Em 1907, Florbela escreveu o seu primeiro conto: "Mamã!" No ano seguinte, faleceu a sua mãe, Antónia, com apenas vinte e nove anos.[3]
Florbela ingressou então no Liceu Masculino André de Gouveia em Évora, onde permaneceu até 1912.[7] Foi uma das primeiras mulheres em Portugal a frequentar o curso secundário.[6] Durante os seus estudos noLiceu, Florbela requisitou diversos livros na Biblioteca Pública de Évora, aproveitando então para ler obras de Balzac, Dumas, Camilo Castelo Branco, Guerra Junqueiro, Garrett. Quando ocorreu a revolução de 5 de Outubro de 1910, Florbela está há dois dias com a família na capital, no Francfort Hotel Rossio, mas não se conhecem comentários seus à sua vivência deste dia.[1]

Florbela Espanca
Em 1913casou-se em Évora com Alberto de Jesus Silva Moutinho, seu colega da escola. O casal morou primeiro em Redondo.[3] Em 1915 instalou-se na casa dos Espanca em Évora, por causa das dificuldades financeiras.[6]
Em 1916, de volta a Redondo, a poetisa reuniu uma seleção da sua produção poética desde 1915, inaugurando assim o projeto Trocando Olhares.[3] A coletânea de oitenta e cinco poemas e trêscontos serviu-lhe mais tarde como ponto de partida para futuras publicações.[8] Na época, as primeiras tentativas de promover as suas poesias falharam.
No mesmo ano, Florbela iniciou a colaborar como jornalista em Modas & Bordados (suplemento de O Século de Lisboa), em Notícias de Évora e em A Voz Pública, também eborense.[3] A poetisa regressou de novo a esta cidade em 1917. Completou o 11ºano do Curso Complementar de Letras e matriculou-se na faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.[6] Foi uma das catorze mulheres entre trezentos e quarenta e sete alunos inscritos.[5]
Um ano mais tarde a escritora sofreu as consequências de um aborto involuntário, que lhe teria infetado os ovários e os pulmões.[3] Repousou em Quelfes (Olhão), onde apresentou os primeiros sinais sérios de...
tracking img